Edgerank é o algoritmo do Facebook capaz de avaliar e decidir sobre qual postagem o aplicativo vai dar prioridade para apresentação nos Feeds. Sendo assim, o algoritmo do Facebook funciona como selecionador daquilo que será ou não mostrado para os seus seguidores.

Basicamente, são muitas informações inseridas todos os dias no Facebook e isso acaba gerando um certo tumulto de postagens. Desta maneira, houve a necessidade de se desenvolver um método [algoritmo do Facebook] de avaliação, para definir quais postagens apareceriam primeiro para os seguidores.

Imagine você, por exemplo, que uma pessoa que segue 10K de perfis, com certeza não sabe tudo o que está acontecendo em todos eles. Logo, isso acontece em função de que não seria possível passar no seu Feed de notícias, todas as postagens desses 10K de perfis, é por isso a necessidade do algoritmo do Facebook.

Para entender isso é simplesmente uma questão de matemática, pois imagine: 10.000 x 5 segundos em cada postagem é igual a 13 horas. Nesse sentido, a menos que a pessoa trabalhe com Facebook e precise ficar mais da metade do dia com os olhos enfiados na tela, seria quase impossível alguém conseguir acompanhar o fluxo inteiro de postagens.

De um modo geral, o algoritmo do Facebook funciona como uma ferramenta de seleção e usa alguns parâmetros para decidir aquilo que vai mostrar e para quem vai mostrar. Deste modo, compreender esses aspectos determinantes para seleção pode ser uma maneira de conquistar resultados surpreendentes e cada vez mais assertivos.

Neste artigo, você verá sobre:

  • Qual e o algoritmo do Facebook?
  • Como funciona o algoritmo do Facebook?
  • Como melhorar o algoritmo do Facebook?
  • O que é EdgeRank?
  • Como baixar o EdgeRank?
Fonte: Canva

Hoje você vai ter a oportunidade de entender exatamente tudo que for necessário para se destacar em meio à multidão. Logo, o algoritmo do Facebook se tornará um grande aliado ao invés de um grande inimigo das suas postagens, de modo que, cada vez mais, você vai perceber seus conteúdos aparecendo para os seus seguidores.

Leia atentamente todos os detalhes, pois você está prestes a encontrar a saída para melhorar de vez o relacionamento com o algoritmo do Facebook. Logo, com planejamento, foco e persistência, será possível aprender verdadeiramente aquilo que é fundamental para melhorar a classificação das suas postagens.

Em todo caso, mesmo que você ou a empresa decida não realizar os procedimentos sozinhos, ainda assim, entender como tudo funciona vai fornecer subsídios. Logo, tudo isso para que possa haver uma atuação em conjunto com os profissionais que irão auxiliar nessa jornada, em busca de classificação perfeita.

Fonte: Canva

O que é Algoritmo do Facebook? Conheça o Edgerank

A nova estratégia do algoritmo do Facebook tem três aliados de peso e para sermos mais didáticos, podemos considerar uma fórmula de simples compreensão.

Logo, considere os elementos “afinidade”, “peso de conteúdo” e “tempo de publicação” como sendo a base de rankeamento das publicações e assim, esse é o primeiro princípio que uma pessoa deve conhecer para começar a usar corretamente as estratégias.

O algoritmo do Facebook, o Edgerank, determina o alcance das publicações e é por esse motivo que as pessoas que usam a ferramenta, devem conhecê-la. Nesse sentido, é exatamente no momento da publicação que o post recebe uma determinada pontuação, sendo marcada como uma referência de relevância da postagem.

Desta maneira, é possível criar estratégias para tornar essa pontuação cada vez mais elevada, toda vez que uma publicação for feita. Logo, cada vez que as publicações recebem pontuações mais altas, obviamente a relevância aumenta e assim a publicação é mostrada para mais pessoas.

Quem se habilita a estudar o algoritmo do Facebook, vai se deparar com conteúdos gigantescos abordando o tema. Sendo assim, isso acontece porque no Marketing Digital para Facebook, é impossível obter resultados expressivos sem conhecer as estratégias que permeiam as normativas que envolvem os  do Facebook.

Basicamente, não acredite que toda vez que você posta um conteúdo, ele aparece para todos os seus seguidores. Logo, pensar desta maneira, além de inviável, é muito prejudicial para os negócios e para o perfil, ou a conta em si.

É somente o EdgeRank que vai determinar esse ranqueamento, só ele é o responsável por avaliar a ordem dos fatores apresentados. Entretanto, isso não significa que nada pode ser feito, ou seja, muito pelo contrário. É possível melhorar os planos de marketing, tanto para o algoritmo do Facebook, quanto também do Instagram. 

Como contornar o algoritmo do Facebook?

Contornar o algoritmo do Facebook é um termo não é muito saudável e comentar algo nesse sentido pode parecer uma atitude de desonestidade. Nesse sentido, considere um termo diferente e avalie que as atitudes também podem se tornar diferentes com relação a esses aspectos.

Então, muito se fala sobre contornar, burlar e outras coisas mais, com relação aos algoritmos. Entretanto, o tempo perdido pensando em estratégias que podem levar a sérias punições, poderia ser gasto produzindo conteúdo de qualidade e otimizando cada vez mais a relação com os seus seguidores, criando engajamento orgânico, que é o que há de mais lucrativo no universo de Marketing Digital.

Sendo assim, é claro que algumas medidas de aprimoramento podem ser tomadas e que existem técnicas realmente válidas para rakear. Todavia, querer burlar o algoritmo do Facebook pode ser um perigo a longo prazo e no final das contas é melhor não arriscar.

Produzir conteúdos criativos e que tenham a ver com seu público-alvo, é uma maneira de atrair mais visualizações para sua página. Sendo assim, no caso de impulsionamentos, tente impulsionar aquelas postagens mais atrativas e crie um ambiente de relacionamento real com seus seguidores.

Faça com que eles tenham curiosidade sobre suas atividades, explore os stories e os outros recursos disponibilizados no aplicativo. Logo, essas atitudes vão gerar rápidos resultados se executados sob a supervisão de um especialista em Marketing Digital para empresas.

Os especialistas em tendências de Marketing Digital são pessoas e empresas que atuam diretamente nesse objetivo, de criar engajamento para uma marca. Nesse sentido, apostar seis meses de contrato com uma agência de Marketing Digital, por exemplo, vai definir de maneira definitiva entre o passado e o futuro de uma marca.

Uma marca com presença digital está anos luz à frente dos seus concorrentes que ainda estão engatinhando nessa área. 

Fonte: Canva

Como aumentar o engajamento no facebook

Constância é o primeiro elemento da lista, seguido de consistência, relevância e interação, de modo que, juntos, esses elementos são essenciais para o algoritmo do Facebook. Logo, criar engajamento no Facebook só é possível se a pessoa realmente tiver um planejamento, conhecer seu público-alvo e acima de tudo, ter determinação naquilo que se propõe.

Publique sempre, de preferência nos mesmos horários e todos os dias, mas não adianta fazer por fazer. Nesse sentido, já vimos que o algoritmo do Facebook descarta publicações sem sentido ou pouco atrativas.

Por isso, opte por imagens originais, de preferência material autoral e aumente o engajamento marcando amigos que têm interesse naquilo que será mostrado.

Crie hashtags diferentes e sem fugir do tema central, sempre avaliando o conteúdo e interagindo com as pessoas que interagem com sua página. Logo, o algoritmo do Facebook mostra suas publicações para pessoas que estão engajadas com sua página, por isso é de extrema importância criar esse tipo de interatividade.

Criar sorteios é sempre uma boa e de acordo com cada perfil, essa estratégia rende muito engajamento. Entretanto, tome cuidado com as políticas do Facebook para que o algoritmo do Facebook não entenda mal essas ações.

Por isso, pelo menos no início das atividades, é importantíssimo contratar uma empresa de Marketing Digital para deixar tudo redondinho. Sendo assim, com as estratégias aplicadas de maneira correta, será possível aprender o passo a passo de como tudo funciona, para quem em um futuro próximo, as atitudes tomadas com relação ao perfil sejam as mais assertivas possíveis.

Uma consultoria em Marketing Digital tem uma relação custo-benefício excelente e todo o investimento, posteriormente se traduz em lucro. Logo, aumentar o faturamento é o objetivo principal quando se contrata uma agência especializada.

Como aumentar o alcance das publicações no facebook

Existem estratégias muito simples para aumentar o alcance das publicações do Facebook e muitas delas têm a ver com o algoritmo do Facebook. Entretanto, boa parte dessas estratégias estão diretamente ligadas à produção, constância, consistência e relevância das publicações.

Muitas pessoas pensam que o algoritmo do Facebook é um monte de números que a pessoa precisa digitar e decorar códigos, ou fórmulas difíceis. Entretanto, apesar de ser verdade, essa parte complicada fica para os desenvolvedores e técnicos e técnicas de tecnologia da informação.

Basicamente, a função de que lida com as estratégias de marketing digital, é apenas conhecer o que exatamente o algoritmo do Facebook analisa. Nesse sentido, pode-se imaginar que é a partir disso que surgem as ideias e as tomadas de decisão, sobre o que fazer e como fazer as campanhas de marketing, aliadas às de publicidade.

Nesse sentido, não adianta apenas alguns posts atrativos e uma estética agradável. Afinal, o marketing é bem mais que isso. Nesse sentido, técnicas de coleta de dados aprimoram as campanhas e tornam o conteúdo mais assertivo para o público-alvo a fim de entregar cada vez mais conteúdo relevante.

Isso faz parte de uma longa estratégia que envolve muito planejamento e não é da noite para o dia que se consegue obter resultados satisfatórios, sobretudo de maneira orgânica. Logo, vale mais uma vez enfatizar que uma agência de marketing digital é uma verdadeira “mão na roda” quando alguém precisa aumentar o engajamento e melhorar o relacionamento com o algoritmo do Facebook.

Como funciona o algoritmo do Facebook?

O algoritmo do Facebook funciona da seguinte maneira: ele analisa a relevância da publicação, o tempo da publicação e a afinidade da pessoa que pode ou não receber a publicação. Sendo assim, compreender esses aspectos é o ponto-chave para se conseguir acertar na hora de elaborar as estratégias para melhorar o engajamento.

Nesse sentido, apresentar conteúdo relevante é complicado para quem decide administrar uma conta no Facebook. Sendo assim, quase todo mundo sabe que produzir marketing de conteúdo não é uma tarefa fácil e demanda muito tempo do administrador.

Talvez seja esse o grande motivo de hoje em dia, muitos autônomos e empresas estão optando por contratar empresas de marketing digital para operar suas contas. Logo, deixar nas mãos de profissionais, além de evitar muitas dores de cabeça, ainda faz sobrar tempo para lidar com as prioridades dentro de uma empresa, como cuidar das vendas e do atendimento ao cliente.

Deixar o planejamento nas mãos de quem entende do assunto é a certeza de que os resultados vão chegar. Nesse sentido, com aumento de fluxo de clientes, resta ao dono do perfil apenas administrar esse fluxo novo que vai chegar, fruto das estratégias de marketing.

Entretanto, se a pessoa quer fazer ela mesma, ainda sim não é algo muito complicado. Entretanto, o social media precisa tirar um bom tempo para aprender as estratégias, estudar sobre os elementos, como o algoritmo do Facebook, produzir o grande volume de conteúdos e ainda assim desenvolver a interação com o público.

Como foi dito, não é um trabalho impossível de se fazer, mas muitas empresas e autônomos estão optando por focar nas vendas e deixando o marketing digital na mão dos especialistas em algoritmo do Facebook.

Fonte: Canva

Como melhorar o algoritmo do Facebook?

Não é possível “melhorar o algoritmo do Facebook” e isso é uma informação equivocada. Entretanto, é possível compreender como ele funciona e colocar em prática as estratégias para que o algoritmo do Facebook possa rakear melhor os posts.

A ideia de melhorar o algoritmo do Facebook, não faz sentido. Isso acontece, porque o algoritmo do Facebook é desenvolvido pelo próprio aplicativo. Sendo assim, a menos que a pessoa trabalhe como desenvolvedora de sistemas e aplicações na empresa Meta [Facebook], será impossível dar alguma contribuição e melhorar o algoritmo do Facebook.

Ainda assim, melhorar como o algoritmo classifica uma publicação é algo verdadeiramente possível e com esforço e conhecimento é possível conseguir fazer. Desta maneira, compreender os pontos de relevância na produção de conteúdo é o tema mais importante nesse sentido.

Além do mais, outro fator agregador são os horários das publicações, uma vez que cada público-alvo consome os serviços do aplicativo em determinada hora do dia. Nesse sentido, programar as estratégias de marketing com base nessas informações é um passo em direção ao sucesso.

Mas, mesmo com todas as medidas tomadas corretamente, todo o conteúdo bonitinho, relevante e bem elaborado, ainda assim não há certeza de bons resultados. Dados concretos pautam uma campanha sólida. Sendo assim, não apenas no achismo de uma campanha feita aleatoriamente.

Fonte: Canva

O pessoal do faça você mesmo? – Algoritmo do Facebook

É muito comum as pessoas elaborarem campanhas enormes, com conteúdos ricos e irem postando, com o intuito do algoritmo do Facebook reankear melhor as postagens e upar a página. Entretanto, a maioria das pessoas desistem dessas estratégias, pois a relação custo benefício acaba se tornando péssima, por conta da ausência da análise dos dados obtidos com essas campanhas.

Uma estratégia de marketing eficaz, coleta os dados a partir de cada postagem ou a cada período da campanha. Sendo assim, para satisfazer cada vez mais o algoritmo do Facebook, esses dados coletados servem para aprimorar os próximos passos da campanha, de modo que as arestas vão sendo aparadas no decorrer do caminho.

Cada resultado obtido é uma fonte de informação que vai definir os novos rumos da campanha. Sendo assim, pode-se focar muito melhor na persona desejada, nos horários corretos, no tipo de publicação que está dando mais resultados e assim por diante.

Esses aprimoramentos só são possíveis com análise de dados e não existe outra maneira certa de fazer acontecer. Portanto, para o algoritmo do Facebook melhorar o rankeamento das suas publicações ou das publicações da sua empresa, é preciso conhecimento aprofundado das estratégias de marketing digital.

Mesmo aquelas empresas ou pessoas que vem de anos produzindo conteúdo e engajando seguidores, por ora correm o risco de estagnar. Nesse sentido, é muito comum algumas pessoas procurarem as agências de marketing digital para melhorar o rankeamento com base no algoritmo do Facebook, por conta dessa estagnação que acontece.

Os perfis param de crescer e ficam mais ociosos do que nunca, mesmo que os seguidores estejam engajados com o conteúdo e tudo mais. Logo, somente a análise dos resultados é quem dirá onde estão os erros ou os pontos a serem melhorados. 

Como usar o algoritmo Facebook?

Usar o algoritmo do Facebook ao seu favor é algo que muita gente busca, mas nem todo mundo consegue. Nesse sentido, como foi dito anteriormente, existem algumas regras e técnicas que devem ser seguidas para que se consiga promover uma estratégia realmente assertiva.

A primeira delas é apostar no bem-estar dos seus seguidores, ou seja, pensar em como eles vão reagir ao se depararem com seu conteúdo apresentado. Nesse sentido, pensar dessa maneira é o ponto de partida para se iniciar um processo longo de construção de uma campanha de marketing digital assertiva, eficaz e de sucesso.

Com um bom planejamento, a pessoa responsável pelo perfil e por analisar o algoritmo do Facebook deve ter em mente alguns fatores importantes. Logo, são eles a organização, o planejamento, uma boa publicidade e uma excelente análise de resultados feita constantemente.

A famosa chamada para ação, também é capaz de agregar de sobremaneira os resultados de um modo geral. Logo, convidar diretamente as pessoas a interagir com o conteúdo, muitas vezes resolve boa parte dos problemas de engajamento fraco.

Resumo sobre o EdgeRank

Vimos que o EdgeRank é o algoritmo do Facebook responsável por classificar as publicações e é ele quem determina quais serão vistas. Ainda assim, discutimos a respeito das estratégias que abarcam o universo da compreensão em torno do tema, focando sempre e exclusivamente no tema “algoritmo do Facebook”.

Foram analisadas no texto, as medidas que devem ser tomadas para evitar um perfil estático e parado, refém do algoritmo do Facebook. Nesse sentido, apresentamos como solução, tanto as estratégias que podem ser elaboradas pelo próprio usuário, como também abordamos o que seria feito, caso fosse elaborado por uma empresa de marketing digital.

Desta maneira, citamos os pontos-chave que devem ser considerados para melhorar o desempenho das publicações junto ao algoritmo do Facebook. Sendo assim, endossamos ainda, a importância de um conteúdo relevante, bem elaborado e baseado em análises de resultados, não em achismos.

Também foi exposto a importância dos horários em que devem ser feitas as publicações e que cada público-alvo tem seu horário de pico. Nesse sentido, conhecer cada um desses detalhes é função do administrador da conta, que deve ter tudo isso relacionado para poder compor novas estratégias a cada nova campanha.

Mark Zuckerberg

Para quem ainda não sabe, Mark Zuckerberg é o dono do algoritmo do Facebook, ou melhor, dono de tudo que tem no Facebook. Sendo assim, com fortuna atual, segundo a revista Forbes, estimada em 84 bilhões de dólares, o jovem nerd que fundou o Facebook hoje vive uma vida conturbada, por conta de sua grande influência política e econômica no mundo inteiro.

Recentemente, a Meta [Facebook agora é Meta] se envolveu em conflitos políticos por conta dos dados dos europeus e Mark Zuckerberg acabou perdendo bilhões de dólares. Entretanto, o aplicativo continua sendo uma potência mundial e fomentando milhares de transações comerciais no mundo todo.

Mark Zuckerberg  nasceu em 14 de maio nos Estados Unidos é um dos programadores mais bem sucedidos do mundo inteiro, ao lado do mestre Bill Gates. Logo, sua carreira de sucesso o levou a participar até do desenho Os Simpsons, desenho conhecido por fazer piadas bem-humoradas com personalidades do mundo todo.

Alguns críticos afirmam que o cinema apresentou a figura de Mark Zuckerberg de uma forma diferente de como ele é na vida real. Nesse sentido, no filme “A Rede Social” é possível entender como tudo aconteceu na vida dele e como ele se comportou diante das mudanças ocorridas em decorrência do dinheiro envolvido em suas transações.

Mark Zuckerberg também faz muitas ações sociais e inclusive, na época do lançamento do filme, o programador fez uma doação de 100 milhões de dólares para uma rede de escolas públicas de uma região dos Estados Unidos. 

Conclusão

Concluímos então, que o algoritmo do Facebook é um mecanismo de classificação para distribuição de publicações nas redes sociais. Sendo assim, também conhecemos quais são os critérios usados para estabelecer a classificação e quais pontos são os mais importantes nesse sentido.

Basicamente, também percebemos que qualquer pessoa pode realizar as devidas estratégias, mas que elas exigem determinação. Sendo assim, é preciso conteúdo atrativo e novo a cada momento, estratégias de interação com os seguidores e muitas outras tarefas que serão capazes de melhorar a classificação diante do algoritmo do Facebook.

Por isso, se a empresa ou o autônomo pode pagar por um serviço prestado por uma agência de marketing digital, especializada em algoritmos do Facebook, é besteira quebrar a cabeça tentando executar todas as tarefas sozinho.

Além do mais, outro motivo para investimento imediato é o constante aumento no preço dos leads, que sobe a cada ano absurdamente. Sendo assim, ter uma base orgânica sólida agora, pode garantir um lugar ao sol no futuro.

Então, aqueles que não investirem agora, vão sentir o peso do valor do tráfego pago nos próximos anos. Logo, para se ter uma ideia, compare com o preço do lead nos Estados Unidos hoje, para se ter uma ideia do futuro do preço dos leads no Brasil.

Agência de marketing digital especializada em algoritmo do Facebook

Da mesma maneira, foi sintetizado no texto, a observância de que qualquer pessoa é capaz de elaborar uma campanha completa, capaz de gerar resultados no algoritmo do Facebook. Entretanto, com base nas necessidades de aprendizado e tempo que demanda esse aprendizado, torna-se inviável fazer todo trabalho sozinho ou sozinha.

É por esse motivo que tem crescido cada vez mais a procura por agências de marketing digital, especializadas em algoritmo do Facebook. Nesse sentido, contar com a ajuda desses profissionais, pelo menos durante seis meses, pode mudar completamente o futuro de uma empresa.

O tempo, anteriormente dispensado para cuidar de estratégias que não dão certo, é muito melhor aproveitado nas vendas e no atendimento ao cliente. Nesse sentido, fomentar a independência de cada setor é uma das peças do quebra-cabeça que ainda falta para completar a assertividade.

Vimos que essa tem sido uma das opções mais viáveis nos dias atuais, cada vez mais competitivos, com leads cada vez mais caros. Logo, investir agora pode trazer uma economia muito grande no dia de amanhã.

O custo atual do lead, apesar de estar crescendo absurdamente, em comparação com outros países, ainda é muito baixo no Brasil. Sendo assim, a hora de investir é agora, pois só assim uma empresa vai conseguir garantir lugar no tráfego de amanhã, de maneira orgânica.

Todos nós sabemos que o tráfego pago é verdadeiramente caro e tende a se tornar mais caro a cada dia que passa. Logo, as empresas e autônomos que investirem agora, estarão realmente fazendo grandes investimentos em seus futuros.

Além do mais, com os avanços tecnológicos e os procedimentos virtuais, tudo acaba se tornando muito mais acessível. Sendo assim, tanto em relação aos preços, quanto à facilidade de se encontrar uma excelente oportunidade, as facilidades estão à porta.

Deixe seu comentário