Você sabe como vender pelo Whatsapp? Ter em mente algumas estratégias fará toda a diferença no momento em que desejar aumentar o faturamento da sua marca.

Aprender como vender pelo WhatsApp é um passo indispensável no dia a dia de uma empresa. Isso dado que a ferramenta é o principal aplicativo mensageiro do mundo, onde estão mais de 2 bilhões de usuários todos os dias.

E, com toda a praticidade que a ferramenta oferece, não fazer parte desse mercado é algo bastante prejudicial para os resultados da empresa. Por isso, nesse artigo, traremos as 11 melhores dicas para quem deseja aprender a vender diretamente pelo Whatsapp. Confira!

Neste artigo você lerá sobre:

  • Como vender um produto pelo WhatsApp?
  • Como montar uma loja virtual no WhatsApp?
  • Como abordar o cliente no WhatsApp?

Como vender pelo whatsapp todos os dias?

O Whatsapp é uma ferramenta poderosa de vendas para atrair clientes por intermédio do marketing digital, e que conta com mais de 2 bilhões de usuários ativos em todo o mundo. E a comunicação que ocorre entre as pessoas comuns, também é frequente entre as marcas e seu público.

Para se ter uma ideia, segundo dados do Sebrae, já em 2018, cerca de 70% das micro e pequenas empresas já utilizavam o Whatsapp para essa comunicação, divulgação e relacionamento com seus clientes, no Brasil. Esse é um dado muito relevante, que mostra a força que o app mensageiro possui em nosso país, e também em todo o mundo.

E, felizmente, aprender como vender pelo Whatsapp não é uma tarefa tão difícil. É preciso apenas entender como a ferramenta funciona, e criar uma boa base de contatos para a empresa.

O app é um complemento indispensável de um sistema de vendas, que ajuda a ter um relacionamento eficiente com os clientes, prestar apoio e vender bastante. Por isso, grande parte das empresas já o utilizam.

Um ponto importante a se compreender anteriormente, porém, é que não se trata de uma questão de empurrar os produtos ou serviços. Muito pelo contrário, é um ambiente voltado para criar um ambiente propício para as vendas, e efetivá-las.

Assim, não é simplesmente enviar mensagens de ofertas e torcer para que alguém compre o que está sendo oferecido. Há todo um planejamento por trás, que otimiza essas taxas de conversões.

Como mencionado, dados do próprio Sebrae, que é o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, apontam para a real efetivação do Whatsapp no mercado brasileiro. 7 a cada 10 dessas marcas utilizam a ferramenta para se relacionar e vender para seus clientes.

Como faço para anunciar no WhatsApp?

O mensageiro é realmente uma importante ferramenta de comunicação, e que as empresas têm utilizado bastante para vender mais. E, através dele, é possível chegar de forma efetiva até os clientes.

No entanto, trata-se de uma rede social diferente de outras plataformas, como o próprio Instagram ou Facebook. Isso dado que é muito mais privado, sendo preciso criar uma base de contatos dos clientes, para conseguir efetivamente vender.

Mesmo assim, com essa base formada e ativa, é possível anunciar os produtos e serviços diretamente para essas pessoas, de forma eficiente. Algumas dessas opções, por exemplo, são através do status ou das listas de transmissão.

1. Status

O status é um modo eficiente de anunciar, mas sem utilizar um método tão direto como as mensagens. Dessa forma, é possível ser menos “invasivo”, sendo um aliado importante de outros métodos.

Para quem quer anunciar uma promoção, por exemplo, de algum produto ou serviço, criar uma publicação no status, permite que os clientes que fazem parte dessa rede de contatos ativa, visualizem as novidades.

A compatibilidade com formatos de imagem, texto e vídeo também ajuda bastante a ampliar essas possibilidades. Assim, anunciar algo através dessa função, além da facilidade, pode gerar resultados efetivos, mesmo sem tratar-se de um contato tão direto.

2. Listas de transmissão

Se o status já oferece um bom ambiente para anunciar, as listas de transmissão também oferecem ótimas oportunidades de como vender pelo Whatsapp. Nesse caso, os anúncios ocorrem de forma mais direta, com o envio das mensagens diretamente para cada contato.

Nesse sentido, é realmente uma opção mais incisiva, para que, desde que feita da forma correta, respeitando o nível ou estágio de cada cliente, gera resultados que fazem a diferença no final das contas.

O grande benefício dessa alternativa é a capacidade de enviar uma mesma mensagem para mais de 250 pessoas de uma única vez. E não trata-se de uma mensagem que chega em um grupo, mas sim de forma individual.

Como chamar atenção dos clientes pelo WhatsApp?

Vender é um processo que exige um bom conhecimento sobre diversas áreas do mercado. Nesse caso, o processo de vendas ocorre por meio de uma série de pontos, que somam a necessidade do cliente com a eficiência da empresa.

Nesse caso, aprender a chamar a atenção dos clientes pelo Whatsapp é algo que ajuda, e muito, a ter mais eficácia nas vendas. Mas, como fazer isso? Bem, uma solução bem simples é optar pelos chamados gatilhos mentais.

Afinal, dentre esses vários conhecimentos necessários, essa questão psicológica é uma das principais. E as vendas se valem bastante desses fatores. Assim, os gatilhos mentais ajudam as pessoas a despertarem o interesse pela compra, dando mais motivos para que o cliente saia da passividade.

Um ponto interessante, por exemplo, é em relação ao gatilho de escassez no mercado. Isso dado que, ao mostrar que o produto já está ficando em falta, o cliente deve apressar-se, caso queira realmente adquirir o que se está oferecendo. Para isso, é claro, é necessário manter-se o lado ético do negócio, que também é muito importante.

Além desse, o gatilho de urgência também ajuda bastante a chamar a atenção e aumentar as vendas. Com ele, a empresa consegue abordar o cliente com essa questão de urgência pela compra, sendo uma oportunidade imperdível no mercado, que poderá não se repetir. Quando se faz uma promoção, por exemplo, esse gatilho é muito bem vindo.

O que não pode vender no WhatsApp?

De uma forma geral, o processo de como vender pelo Whatsapp é bastante simples. Contudo, há algumas limitações em relação ao que se pode comercializar dentro da plataforma. Claro que, serviços e produtos mais convencionais não contam com empecilhos.

Assim, essas regras valem para produtos que realmente possuem restrições, inclusive fora da plataforma. Alguns deles são: Drogas; Armas e Munições, Bebidas alcoólicas; Objetos sexuais ou pornográficos; Produtos relacionados ao tabagismo (ato de fumar); Animais; Produtos médicos; Anabolizantes; etc.

Além desses, a política comercial do Whatsapp também proíbe a venda de alguns outros serviços e produtos. Para verificar, basta acessar esse link.

11 dicas de como vender pelo whatsapp

Saber vender diretamente pelo Whatsapp é uma saída que ajuda bastante a muitas empresas a aumentarem suas vendas. Afinal, esse é um ambiente que permite um contato direto com o público. Assim, a quantidade de negócios que já usam a ferramenta com um ampliador do seu mercado, dá bons indícios de sua eficiência. A praticidade que o aplicativo oferece é um dos seus principais benefícios.

Além do mais, sua utilização diária por mais de 2 bilhões de pessoas, o transforma em um local repleto de potenciais clientes. Claro que, diferentemente de outras mídias, essa é muito mais particular, mas isso não impede as empresas de atuarem com esse setor.

Então, para quem deseja aprender como vender pelo Whatsapp, aqui estão 11 dicas imperdíveis, que podem fazer toda a diferença nos resultados da empresa. Confira!

1. Utilizar o Whatsapp Business

O Whatsapp é realmente um aplicativo de mensagens muito prático, e que já conta com mais de 2 bilhões de usuários mensais ativos ao redor do mundo. E, mesmo o app convencional já oferece muitas vantagens para as empresas.

No entanto, foi justamente pensando nessa presença comercial que criou-se o Whatsapp Business, que é uma versão para empresas do app. Assim, muitas ações são bastante facilitadas dentro do negócio.

Com isso, a primeira dica de como vender pelo Whatsapp é simplesmente utilizar a versão Business, que é muito mais atraente. O grande diferencial desse formato é a profissionalização do app e da marca. É possível criar um perfil realmente com muitos pontos positivos, com uma boa capa de identificação; dados relacionados ao horário de funcionamento; sites e redes da empresa; e-mail para contato, etc.

Além do mais, também dá para criar mensagens automáticas para questões específicas. São saudações, informações sobre o horário de funcionamento, mostrando que não será possível atender no momento, etc. Fora isso, questões comuns também contam com a possibilidade de receberem uma resposta programada.

Esse é um ponto importante para aquelas perguntas que sempre ocorrem, e que levam um tempo precioso para responder todas as vezes. Com isso, a otimização do tempo é realmente um ponto de destaque dessa versão para empresas.

O feedback dado pelo app também é uma questão importante, uma vez que ele permite visualizar pontos como a quantidade de mensagens enviadas e que foram visualizadas pelos clientes.

2. Aproveitar a função do catálogo

Uma das grandes vantagens do Whatsapp Business é em relação a possibilidade de criar um catálogo de vendas. Nesse caso, é possível expor alguns dos produtos oferecidos.

Esse catálogo fica disponível no perfil da empresa, junto com as outras informações já mencionadas, como horário de funcionamento, etc. E, através dela, dá para divulgar os principais produtos oferecidos, facilitando e agilizando o processo de vendas.

Para isso, basta seguir para “configurações”, e depois para “catálogo”. Então, tudo o que é preciso é fazer o upload das imagens e acrescentar outros dados, como o link de acesso para a efetivação da compra do produto.

Nesse sentido, quem já possui um site para a empresa, ou loja virtual, consegue divulgar de forma eficiente esse trabalho. Por isso, trata-se realmente de uma questão que pode ajudar bastante na hora de vender mais.

3. Ter um Whatsapp profissional

Essa questão refere-se ao uso de um aparelho e número de Whatsapp comercial, uma vez que esse é um passo muito importante para o negócio. O objetivo desse ponto é separar o pessoal do profissional.

Afinal, essa é uma questão que faz bastante diferença, dando todo o ar de profissionalismo para o negócio. Além do mais, há muitos benefícios para o lado pessoal em si, criando uma linha de separação entre esses dois mundos.

Para se ter uma ideia, utilizar apenas um número de Whatsapp faz com que clientes entrem em contato em um horário não comercial. Assim, é muito difícil fazer essa separação de horários.

Por outro lado, quando se trata de um número apenas comercial, essa questão não interfere no dia a dia pessoal. Outro ponto é que o próprio cliente consegue ter uma noção maior, dado que, quando devidamente organizado, é possível observar o horário de funcionamento do negócio (horário comercial).

Então, caso uma mensagem não seja respondida rapidamente pela empresa, não será difícil perceber que simplesmente não é o seu horário comercial. Além do mais, há a questão da delegação de trabalhos.

Assim, é possível simplesmente entregar o aparelho com o Whatsapp comercial para um funcionário, para que ele responda aos clientes. Contudo, quando se trata de um número pessoal, esse seria um ponto mais complicado.

Essa dica encaixa-se perfeitamente com o uso do Whatsapp Business, sendo um complemento dessa questão. Com isso, o contato entre empresa e cliente se torna algo muito mais eficiente.

4. Contar com o Whatsapp Web

Outra dica bem interessante de como vender pelo Whatsapp é contar com o Whatsapp Web. Essa é uma versão para computadores, mas que não funciona desvinculada do smartphone.

Para essa utilização, é preciso que tanto o computador quanto o smartphone estejam conectados à internet. Assim, há uma vinculação via QR Code, que permite acessar o aplicativo por meio dos dois aparelhos ao mesmo tempo.

Esse é um processo bem simples, e que oferece muitas vantagens para o negócio. Afinal, o computador permite uma utilização mais prática de diversas funções. A própria forma de escrita das mensagens, por exemplo, é algo muito mais prático e eficiente, reduzindo os erros de digitação.

Além do mais, com essa versão, é possível ter uma acesso direto ao conteúdo do computador em si. Então, quando for necessário enviar um arquivo, tudo se torna muito mais simples.

Outra questão é em relação a utilização de diversos outros serviços no computador, enquanto o Whatsapp fica disponível. Fora todas essas questões, há ainda o ponto de que é possível utilizar a versão do computador e o smartphone ao mesmo tempo. E, como isso, duas pessoas podem responder aos clientes no mesmo momento, dobrando a eficiência do serviço.

5. Apostar nos gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são uma forma eficiente de chamar a atenção dos clientes, e que aumentam as possibilidades de conversão. Afinal, utilizam questões psicológicas para incentivar os potenciais clientes a realizarem a compra.

Sua utilização é muito comum dentro do mercado de vendas, bem como vender pelo Whatsapp. Nesse sentido, ao invés de simplesmente oferecer o produto normalmente, cria-se um ambiente mais favorável através dos gatilhos.

Mostrar a escassez ou urgência da compra, por exemplo, são alguns desses pontos, que pode-se e deve-se utilizar dentro do Whatsapp.

6. Criar uma boa base de contatos

Para que a empresa entre em contato com os clientes, é necessário que se tenha acesso ao número do seu Whatsapp. Em outras palavras, é preciso criar meios para capturar esses contatos, e criar uma base sólida e sempre com novos números.

Essa questão é igual, por exemplo, a própria captura de e-mails, para as estratégias de e-mail marketing. Assim, há muitas formas legais de fazer isso. Nesse caso, basta solicitar esse número em pontos como assinaturas de newsletters ou formulários em outras páginas.

Com isso, o site, blog e outras mídias sociais da empresa, como as redes sociais, têm um papel de destaque nessa captura. O mais importante é, além de conseguir os números, deixar claro essa possibilidade do cliente receber essas mensagens no Whatsapp.

Isso dado que, simplesmente capturar o número e contactar como um desconhecido qualquer, trata-se de algo muito invasivo para o cliente. Então, deixar essa porta aberta e clara é o melhor a se fazer. Dessa forma, ele já estará ciente dessa questão.

Assim como essa captura, a divulgação do número comercial da empresa também é algo de grande relevância. Para isso, as mídias sociais continuam com um papel de destaque.

Basta deixar esse número disponível no site, redes sociais, blog, etc. possibilitando que os clientes tenham acesso a esse contato. Essa é uma forma até mesmo de comprovar que realmente é a empresa que está enviando mensagem.

Mensagens – Pixabay

7. Salvar corretamente cada contato

Nos dias atuais, um dos pontos mais importantes dentro do mundo comercial é utilizar um atendimento personalizado. E, no processo de como vender pelo Whatsapp, as coisas não são muito diferentes.

Tratar os clientes de uma forma mais humanizada e personalizada é uma questão relevante. E, para isso, um passo inicial bem simples, é salvar corretamente os números na base de contatos. Nesse sentido, é preciso salvar o nome e o sobrenome de cada cliente, para que fique mais fácil a identificação. 

Uma dica interessante é, quando uma empresa possui mais de um serviço ou produto, que ela identifique esse contato com a área desejada. Esse fator ajuda bastante a enviar mensagens e conteúdos relacionados a sua área de interesse.

8. Contar com as listas de transmissão

Esse é um instrumento eficiente do Whatsapp, que permite enviar mensagens para vender pelo whatsapp, diretamente para os contatos. O diferencial dessa opção é que muitos contatos são utilizados de uma única vez, permitindo enviar uma mesma mensagem para muitas pessoas em apenas poucos cliques.

Através das listas de transmissão, não é preciso contactar cada pessoa de forma individual, otimizando bastante o tempo de conexão. Mas, para isso, é importante separar bem os contatos, para não enviar mensagens para os grupos de pessoas erradas.

Separar entre quem já é cliente e quem ainda não adquiriu nenhum produto ou serviço da empresa, por exemplo, é um desses pontos. Além do mais, separar os contatos por área de interesse, como especificado no tópico anterior, também faz toda a diferença nessa assertividade. Mas, como criar uma lista de transmissão? Bem, para isso, basta simplesmente:

  • Clicar nos três pontos verticais, que ficam no canto superior direito da tela de conversas do Whatsapp;
  • Depois, é preciso clicar na opção de “Nova Transmissão”;
  • Com isso, resta selecionar os devidos contatos, dependendo do teor da mensagem;
  • E, por último, basta criar e enviar a mensagem desejada.

9. Oferecer conteúdos relevantes

O processo de como vender pelo Whatsapp não leva em consideração apenas a divulgação dos produtos ou serviços em si. É preciso nutrir esses clientes, assim como ocorre no funil de vendas do Inbound Marketing.

Para isso, a oferta de conteúdos que tenham relevância para os clientes é um passo fundamental. Para isso, criar e enviar ebooks, vídeos, áudios, resumos de conteúdos do próprio blog, etc. todas são opções a se considerar.

Assim, esse potencial cliente passa a conhecer muito mais sobre o mercado e sua importância. E, através disso, tem mais conhecimentos para adquirir o que será oferecido. Esse processo de nutrição pode e deve ocorrer pelo app, desde que seja de uma forma mais moderada e menos invasiva. 

Nesse sentido, é importante também separar esses perfis, para que cada grupo possa receber algo mais focado em seu perfil. E as listas de transmissão têm um papel importante nesse processo.

Isso dado que, enviasse as mensagens de forma direta para o contato, e não de forma coletiva, como nos grupos. Desde que utilizadas da forma correta, esses conteúdos ajudam, e muito, a melhorar o processo de vendas.

10. Contar com funcionalidade do Status

Dentro do perfil empresarial, o Status do Whatsapp é também uma poderosa ferramenta de divulgação dos serviços e produtos oferecidos por intermédio do marketing estratégico. Vale lembrar que, para isso, tanto a empresa quanto o cliente devem ter o número um do outro salvo.

Assim, sempre que a empresa publicar um novo status, seus clientes podem visualizar o conteúdo. Essa é uma função similar aos stories do Facebook e também do Instagram. O ponto positivo para esse método é que ele é muito menos invasivo, e volta-se para todos os contatos. Então, quem visualizar e se interessar pelo que está sendo divulgado, pode enviar uma mensagem para a empresa.

Quanto se trata de alguma promoção, por exemplo, ou de algum produto novo, etc., essa função consegue oferecer muitos benefícios. Por isso, não pode-se desprezar essa ferramenta do Whatsapp.

Essa função pode oferecer muitos benefícios também em relação a humanização da marca. Afinal, em muitos casos, mostrar alguns dos bastidores da empresa, que são pessoas que realmente fazem acontecer, é um diferencial importante. E, através do status, esse objetivo acaba sendo cumprido de forma bem simples, e eficiente.

11. Responder de forma rápida e efetiva

O processo de vender pelo Whatsapp conta muitos pontos a se considerar, e um deles é a agilidade no atendimento. Afinal, a parte de como fechar venda pelo whatsapp parte bastante dessa rapidez.

É preciso levar em consideração que o mercado, nas mais diversas áreas, é bastante concorrido. Assim, ignorar os clientes, fazê-los esperar por muito tempo, é algo muito negativo para a empresa. E isso faz com que as pessoas saiam para procurar outras alternativas no mercado.

Quando esse potencial cliente entra em contato, agir com rapidez e eficiência é um passo que amplia as possibilidades de concretizar uma venda. Claro que, nesse sentido, surge também a questão do horário de funcionamento, que é algo que faz parte da empresa.

Então, essa velocidade diz respeito ao período em que o negócio está ativo. O ideal é que realmente haja alguém específico para cuidar desse atendimento, para que tudo possa ocorrer de uma forma segura e qualificada.

Conclusão de como vender pelo Whatsapp

Aprender como vender pelo Whatsapp é um passo que faz toda a diferença para os resultados de uma empresa. Afinal, é preciso levar em consideração a grande quantidade  de usuários que estão presentes nessa mídia social. Além do mais, há também toda a praticidade e comodidade, tanto para o cliente quanto para a empresa.

Deixe seu comentário