O conteúdo evergreen é uma forma bastante útil de captar novos leads e potenciais clientes e usuários dos serviços de uma empresa.

Por isso, investir nesse tipo de conteúdo faz toda a diferença para quem quer crescer no mercado.

Mas o que é exatamente o conteúdo evergreen, e como fazer? É exatamente isso que Visão Confiável vai mostrar agora!

Conteúdo Evergreen: o que é?

Dentro do marketing de conteúdo, e do cotidiano de sites e empresas que produzem conteúdos para atrair novos leads, um tema é bastante recorrente: o conteúdo evergreen.

Ele é de extrema importância para quem busca com algo mais duradouro, que consiga perdurar com o passar do tempo.

Isso porque ele é um próprio sinônimo de durabilidade, de estar sempre “verde”, como o próprio nome sugere. Mas, afinal, o que é o conteúdo evergreen?

Bem, dentro desse mundo do marketing, evergreen nada mais é do que os conteúdos que criam-se para terem relevância por um longo tempo.

É preciso levar em conta que ao criar um artigo e publicá-lo em um blog, por exemplo, as informações contidas nela são variadas.

Assim, um artigo pode tratar de algo para aquele momento, como uma notícia sobre algo da semana ou do mês em questão.

No entanto, há outros que tratam sobre temas muito mais amplos, como uma explicação de um conceito ou algo similar.

Dessa forma, alguns temas tornam-se irrelevantes em poucos dias ou meses, já outros são criados para estarem atuais por vários anos.

Claro, vez ou outra é necessário atualizar um ponto ou outro, mas de um modo geral é um texto atemporal.

E é exatamente esse o tipo de conteúdo evergreen, que está sempre fresco e atual.

Por isso, uma grande parte dos sites optam por conteúdos desse perfil, por seus benefícios de utilização serem bastante variados.

Contudo, é preciso que haja uma distribuição correta entre eles, havendo também temas mais rápidos.

Isso porque esse tipo de conteúdo tende a ser mais chamativo, dentro de um curto período, já que trata de algo que está acontecendo  no momento.

Sendo assim, as pessoas estão a procura de algo a mais sobre esse assunto, e explorar isso também é importante.

Notícias

Benefícios do conteúdo Evergreen

Agora que já entendemos melhor o que é realmente o conteúdo evergreen, é importante entender sobre os benefícios que ele pode trazer.

Bem, e não é muito difícil perceber porque é útil se utilizar desse tipo de assunto dentro das estratégias de marketing.

Isso porque a maior utilidade do conteúdo evergreen é justamente sua principal característica: a capacidade de estar sempre atual.

A produção de conteúdos em si, em muitos casos não é o cargo chefe da empresa, tendo isso apenas como algo pertencente ao topo do funil, feito para captar potenciais clientes.

Então, realizar investimentos nessa área, embora seja importante, não é a parte mais primordial dentro do contexto geral.

E levando-se em conta os custos de produção desses artigos, quando feitos por redatores, sejam freelancer ou da própria empresa, não é algo tão barato.

O tempo de produção, para quem escreve seus próprios conteúdos, sem precisar de terceiros, também é alto. E tempo e dinheiro andam lado a lado sempre.

Assim, dedicar tempo ou dinheiro a conteúdos que se tornarão irrelevantes dentro de poucos dias, realmente, em muitos casos, não é o melhor negócio.

Dessa forma o conteúdo evergreen realmente vale seu investimento, principalmente levando em consideração que ele vai ganhando estabilidade a cada momento.

Com as técnicas corretas de SEO, esse artigo conseguirá mais e mais visualizações, e com sua durabilidade, terá cada vez mais acessos com o passar do tempo.

Isso porque o algoritmo do Google ou de outros buscadores utilizam esses acessos e permanência dentro do site como pontos positivos para o conteúdo em si.

E quanto mais acessos se tem, mais acessos será possível ter, e melhores colocações se obterá com isso.

Então, o custo-benefício do conteúdo evergreen é realmente incomparável, gerando engajamento e um bom fluxo de acessos para a empresa.

Como fazer conteúdo evergreen?

Realmente optar por um conteúdo evergreen faz toda a diferença dentro do contexto geral das empresas. Mas como fazer esse tipo de conteúdo?

O melhor de tudo é que realmente não é tão complicado trabalhar com esse tipo de assunto, pois eles realmente são bastante comuns.

Esse próprio artigo por exemplo, nele a Visão Confiável está mostrando o que é e como fazer conteúdo evergreen.

E em sua produção, todos os elementos estão voltados para durarem por um longo período.

Afinal trata-se de um artigo conceitual, mostrando o que é algo ou alguma coisa, além do mais, ele trata ainda como fazer esse algo.

Dessa forma, são dois pontos principais do conteúdo evergreen tratados dentro desse texto, a apresentação de conceitos (informação), e tutoriais (como fazer).

Assim, criar esses conteúdos verdes para sempre partem exatamente do objetivo que o texto possui.

Em outras palavras, fazer um conteúdo evergreen depende exatamente do conteúdo em si.

Isso porque, ao se falar, por exemplo, do calendário da 3º parcela do Auxílio Emergencial 2021, esse tipo de conteúdo em si não é evergreen, pois sua essência volta-se realmente para ser rápida e potente.

Então, é o próprio conteúdo que irá dizer se ele é ou pode ser evergreen, e escolher esses assuntos é o mais importante.

Apresentar conceitos ou informações pertinentes a longo prazo

Um bom exemplo de conteúdo evergreen é ao se apresentar conceitos ou informações pertinentes a longo prazo, como em o que é SQL Server e como usar o sistema?

Como mencionado, esse próprio artigo busca exatamente isso, mostrando o que é um conteúdo evergreen.

Dessa forma, não importa se um usuário está lendo o texto nesse momento ou no próximo ano, as informações passadas aqui buscam estar atualizadas.

Afinal, um conteúdo evergreen é um conteúdo sempre verde, e isso não importa se é em 2021 ou em 2030.

Claro que poderão e serão feitas atualizações ou melhorias com o passar do tempo, mas de uma forma geral, ele está sim sempre novo.

Quando cairá (ou caiu, no caso) o 13º salário do ano de 2013 para os trabalhadores de uma área específica, porém, é algo que não tem mais relevância, e não tem mais acesso.

É exatamente isso que torna o conteúdo evergreen único e potente, sendo uma das melhores ferramentas e opções para quem atua nesse mercado.

Então, tratar de um tema, informar, apresentar esses conceitos sobre algo que terá relevância por um bom tempo é crucial.

Esse é então um ótimo jeito de fazer conteúdo evergreen, optando por temas pertinentes e duradouros.

Nota-se então que é esse próprio assunto quem define realmente se o conteúdo será ou não importante com o passar do tempo.

O modo de fazer, embora também seja importante, não é o que realmente define isso, sendo apenas um complemento de tudo isso.

Ensinar como fazer algo (tutoriais)

Os tutoriais ou como fazer algo também são um ótimo modo de criar um conteúdo evergreen.

Fazendo novamente um paralelo com esse próprio artigo, esse tópico em específico “como fazer conteúdo evergreen” trata justamente disso.

Ele mostra como fazer esse tipo de conteúdo, sendo assim uma forma de tutorial, ensinando o leitor a fazer isso.

Então, esse é novamente um conteúdo que se manterá verde por um bom período, e com as atualizações certas, ficará no ar por um bom período.

Claro que isso também está totalmente ligado ao próprio tema em si, podendo tratar tanto de assuntos do momento como de assuntos duradouros.

Sendo assim, embora haja esse diferencial, é nesse ponto que entra a importância de quem escreve o texto.

Isso porque, embora possa tratar de algo para o momento, o conteúdo, sendo escrito da forma correta, também pode durar por um longo período.

Perto do final de ano, ainda nas vésperas do natal, é possível criar, por exemplo, um conteúdo sobre como fazer uma ceia de natal barata.

É preciso notar que é algo voltado para aquele momento em específico, já que se está em plena véspera de natal.

No entanto, embora tenha a intenção de tratar sobre aquele momento, é possível escrever algo que sirva não apenas para aquele ano, mas também para os posteriores.

Além do mais, com criatividade, pode-se ainda adaptar esse tema para outras ocasiões especiais, como almoços em família em dias normais.

Então, com a escrita correta, esse tutorial torna-se também algo mais verde, que dura por muito mais tempo, como é o caso de um artigo sobre como resolver o erro se a sua conexão não é particular .

Conteúdo Evergreen: véspera de natal

Responder perguntas frequentes do nicho

Uma outra opção para fazer um conteúdo evergreen é responder algumas perguntas frequentes da área de atuação.

Para quem não sabe, nicho nada mais é do que a área em que se está enquadrada, ou melhor, o setor ao qual se pertence.

A Visão Confiável, que é uma empresa de marketing digital, atua no nicho de marketing, de tecnologia, etc.

Com isso, há realmente muitas perguntas pertinentes relacionadas a essas áreas, ou melhor, a esses nichos.

Dessa forma, responder essas questões é de extrema importância, isso porque são um tipo de conteúdo evergreen.

Isso porque, as respostas irão continuar as mesmas por um bom período, e apenas com algumas revisões pontuais, é possível manter o conteúdo atual por muito tempo.

E por serem perguntas frequentes, são temas relevantes e que chamam a atenção das pessoas, que desejam entender melhor sobre o assunto.

Por exemplo, no artigo da empresa sobre banco de dados, é possível entender o que ele é, e como ele funciona.

Desse modo, uma dúvida frequente sobre o nicho de tecnologia está sendo respondida.

E o melhor de tudo é que as informações prestadas se manterão frescas por um bom tempo, sendo então um conteúdo evergreen.

Dicas para produzir textos evergreen

Fazer um conteúdo evergreen realmente não é algo tão complicado. Na verdade, em algumas ocasiões ele é até mais simples do que criar um conteúdo rápido.

Tudo o que é preciso é prestar muita atenção aos entendimentos necessários a essa tarefa.

Para isso, preparamos algumas dicas para produzir textos evergreen, e tudo de uma forma bem prática e rápida.

Tratar sobre o nicho da empresa

A primeira dica é exatamente tratar sobre o nicho da empresa, isso porque tudo deve fazer sentido e estar englobado dentro de uma área de interesse.

Como já mencionado, apresentar conceitos, explicar sobre algo, mostrar o que é alguma coisa é uma ótima forma de fazer um conteúdo evergreen.

No entanto, é preciso que esses temas estejam relacionados com o nicho da marca ou site.

Em outras palavras, de nada vale criar conteúdos pertinentes para outras áreas, e atrair pessoas que não tenham interesse pelos serviços ou produtos da empresa.

Esse é um ponto de partida básico, mas que rege muito bem a esse entendimento geral.

Afinal, tudo deve estar na mais perfeita harmonia, gerando os resultados esperados e cobrindo os investimentos necessários.

Uma agência de marketing digital como a Visão Confiável, tem em seu blog diversos conteúdos sobre sua área de atuação.

Por ser uma empresa que trabalha com a abertura da empresa, marketing e tecnologia, trata-se de vários conteúdos pertinentes a isso em seu blog.

Artigos explicando os conceitos básicos, como o de SEO para iniciantes, mostrando 21 dicas básicas, é um dos exemplos encontrados.

Afinal, o SEO é um conteúdo bastante presente no dia a dia da agência, e cumpre um papel duplo nesse sentido.

O primeiro é justamente de informar algo que seja pertinente para seus prováveis clientes, agregando valor ao conteúdo em si.

E o outro é também de atrair pessoas que tenham algum interesse com a área de atuação da empresa.

Afinal SEO é uma das especialidades da agência, e uma pessoa que tenha algum interesse por esse assunto, é um possível cliente.

Nota-se aí a importância do nisso, uma vez que de nada valeria a pena criar um conteúdo sobre futebol, por exemplo.

Utilizar uma boa linkagem interna

Um dos benefícios de um bom conteúdo evergreen, é justamente sua capacidade de ir ganhando posições nas recomendações dos buscadores, com o passar do tempo.

Assim, ele acaba sendo uma boa base para melhorar o rankeamento inclusive de outros conteúdos.

Na verdade, o próprio site em si torna-se um grande beneficiado de tudo isso, quando tudo é feito corretamente.

O entendimento é o seguinte: quando um artigo atinge uma posição de destaque nos buscadores, isso significa que ele é um bom conteúdo.

Dessa forma, outros sites podem utilizar esse conteúdo como referência, fazendo uma linkagem externa, e levando ainda mais acessos ao artigo.

E deve-se aproveitar muito bem essas visitas frequentes, ou melhor distribuídas para outros conteúdos.

Afinal, embora um artigo com sucesso já seja benéfico, o mais importante é o crescimento do próprio site em si.

E ser bem visto pelos buscadores (robôs) é extremamente importante, pois assim os conteúdos passam a ter mais notabilidade.

Torna-se então um ciclo, que acaba gerando muito benefícios para a empresa, que acaba possuindo um site muito bem movimentado.

E essa rotação dentro dos conteúdos criados é também um dos pontos observados pelo SEO.

Por isso, utilizar uma boa linkagem interna, fazendo os acessos irem para outros assuntos criados, é super importante.

Tratar de temas confirmados

Um conteúdo evergreen deve manter-se verde por um longo período, afinal esse é o grande significado desse termo.

Por isso, dentro do conteúdo em si, todas as informações prestadas devem ser condizentes com essa realidade.

Em outras palavras, de nada vale escrever sobre algo duradouro baseando-se em algo que não seja durável.

Esse também é um entendimento básico, e que deve-se levar em consideração, pois está na essência desse conteúdo.

É como falar sobre a moda, buscando informar seus conceitos básicos, e no meio do artigo tratar sobre as tendências para o verão de 2021.

Embora seja um tema relevante, dentro de um contexto geral, ao se produzir um conteúdo evergreen, referir-se a moda de acordo com as tendências do verão daquele ano, interferem totalmente nesse conceito.

Isso porque, afirmar que estar na moda é utilizar uma certa cor, estilo ou formato de roupa, baseando-se nas tendências atuais, não significa que isso seja moda pouco tempo depois.

Mencionar que determinada rede social é a segunda mais utilizada em todo o mundo, por exemplo, é algo que pode mudar rapidamente.

Afinal, de uma hora para outra essa informação pode se tornar obsoleta, desatualizada, e estragar todo o trabalho do texto.

Dessa forma, é necessário utilizar dados, conceitos e entendimentos duradouros, que tornem o conteúdo evergreen.

Isso porque é a própria forma como ele é escrito, as escolhas que são tomadas que tornam esse material verde ou não por mais tempo.

E isso vale para todos os nichos e áreas, sendo preciso apoiar-se em temas ou dados que tenham essa credibilidade de que permanecerão como verdade por um bom período.

Caso contrário, de nada vale o esforço, pois tudo se tornará obsoleto em pouco tempo, sem o embasamento correto.

Assuntos sobre a moda variam com as tendências

Os conteúdos não precisam ser muito profundos

Ao buscar criar um conteúdo evergreen, é uma grande vantagem manter-se, de certo modo, superficial ao tema.

Claro que muitos dos pontos importantes sobre o assunto devem ser muito bem tratados.

Mas, deve ser um olhar geral, isso porque consegue-se gerar benefícios muito mais vantajosos com isso.

O primeiro ponto é justamente a menor probabilidade de atingir um conceito que se altere mais rapidamente.

Ao se falar sobre o photoshop, por exemplo, pode-se afirmar que ele é um editor de fotos, que é uma verdade geral, quase imutável.

Afinal, é realmente isso que ele é, e enquanto existir sempre atuará nesse nicho, que é sua especialidade.

Contudo, ao se aprofundar muito nesse assunto, e falar sobre uma propriedade muito específica, ela pode se alterar rapidamente com o tempo, pode evoluir.

Então, esse não aprofundamento dentro dos temas ajuda bastante ao criar um conteúdo evergreen.

Para isso, basta criar outros conteúdos, mais aprofundados e linkar dentro do artigo.

Assim, caso seja do interesse do usuário, ele irá se aprofundar mais sobre o tema, ou então continuará sua leitura, caso não seja necessário um aprofundamento.

E de toda forma, esse conteúdo evergreen tem um teor, como já mencionado, de estar no topo do funil de vendas.

Sendo assim, ele funciona muito bem como um captador de novos leads, que serão alimentados com conteúdos mais profundos nas próximas etapas.

Dessa forma, realmente não há a necessidade de se aprofundar muito nos conteúdos evergreen.

Há outros momentos muito mais oportunos de tratar de assuntos e pontos mais específicos.

O que se atentar para produzir

Na hora de produzir um conteúdo evergreen, é preciso se atentar para diversos fatores, mas alguns ganham destaque, como:

Não referir-se ao tempo de produção do artigo

Um primeiro ponto que deve ser levado em consideração no conteúdo evergreen são justamente as datas.

Usar termos como no “próximo ano”, “ainda esse ano”, ou qualquer outra forma que indique esse período temporal é um grande erro.

Isso porque, embora um conteúdo evergreen seja verde por um longo período, e mesmo que ele apresente conceitos, etc. ele pode perder sua credibilidade em alguns casos.

Estar sempre atualizado é super importante, porém nem todas as pessoas sabem que um conteúdo evernote é relevante mesmo anos após sua produção.

Assim, ao ler um artigo 5 anos após sua produção já pode parecer estranho para alguns usuários.

E mencionar essas questões temporais tira toda a credibilidade do conteúdo evernote, uma vez que passa a falsa impressão de que ele foi escrito para aquele período. Dessa forma, pode acabar afastando alguns leitores.

No entanto, ao escrever todo o conteúdo utilizando uma linguagem também atemporal, consegue passar essa real impressão.

A forma como o texto é produzido, o emprego correto dos termos temporais, interfere diretamente nesse ponto.

Por tanto, evitar é realmente o melhor a ser feito, e quando muito necessário, é preciso que ele seja muito bem empregado.

É necessário que ele não passe a impressão do artigo estar preso aquele ano ou aquela data, mas sim estar livre, solto ao próprio tempo.

Revisar periodicamente o Conteúdo Evergreen

Embora a intenção ao criar um conteúdo evergreen seja realmente de mantê-lo verde para sempre, isso é praticamente impossível em muitos casos.

Obviamente que dentro de um contexto geral, sua durabilidade é inquestionável, porém um texto é formado por muitas palavras, tópicos, pontos, e muitas informações são dadas.

Com isso, embora a mensagem final ainda possa permanecer atual, muitos de seus pontos podem estar desatualizados.

Dessa forma, não há outro meio, sendo que o melhor remédio é realmente revisar esses conteúdos sempre.

Cada caso é um caso, por isso não há a necessidade de estabelecer-se um período específico.

Pode-se por exemplo fazer uma revisão anual, buscando observar o quão atual o texto ainda está.

Desse modo, é possível observar quais as informações prestadas ainda estão valendo, ou se houve alguma mudança quanto a elas.

Mesmo conceitos superficiais podem mudar com o tempo, e é importante acompanhar essas mudanças.

Isso porque uma única informação falsa ou desatualizada pode pôr a perder todo o trabalho demandado no texto.

Afinal, se há um dado nitidamente desatualizado, há a probabilidade de muitas outras informações também estarem.

Nesse caso, realmente tudo tem importância, mesmo os mínimos detalhes. Aliás, é por isso que eles devem ser evitados.

Como mencionado, é preciso manter uma certa superficialidade, sem se aprofundar muito nos temas.

Quanto a essa revisão, escrever de forma mais superficial ajuda inclusive nesse momento, já que reduzem as chances de desatualizações.

Ao se mencionar uma rede social, ao invés de dizer que ela é a segunda mais utilizada do mundo, com n milhões de usuários, é mais aconselhável dizer que ela é uma das mais utilizadas do mundo, como milhões de usuários.

Assim, isso será uma verdade por muito mais tempo, não necessitando de uma atualização por um bom período. 

Conteúdo evergreen

Exemplos de conteúdo evergreen

O conteúdo evergreen é de extrema importância para o mundo do marketing digital, para o funil de vendas, blogs, e captação de clientes. E para isso, o conteúdo escrito é indispensável. 

No entanto, há também outros formatos que podem ser evergreen, durando por um longo período.

Afinal esse é o entendimento básico desse termo, sua durabilidade, e não o seu formato.

Um vídeo, por exemplo, pode muito bem ser um conteúdo evergreen, dependendo do conteúdo disponibilizado, e da forma como as informações estão dispostas.

Uma imagem também, bem como um gráfico, etc. Mas realmente são os artigos, ou melhor, o conteúdo escrito que faz toda a diferença dentro desse nicho.

Assim, esses são alguns exemplos de conteúdo evergreen que podem ser encontrados.

Artigos de dicas úteis em diversos períodos

Um bom exemplo de conteúdo evergreen são os artigos com dicas, que podem ser utilizadas em diversos períodos.

Claro que muitos artigos com dicas nada tem haver com assuntos duradouros, afinal podem tratar apenas de uma data específica.

Assim, um texto que dê dicas de roupas para usar em uma data específica, escrito em um período perto da época, e com uma linguagem totalmente voltada para a data, nada tem haver com o conteúdo evergreen.

No entanto, há muitos artigos de dicas que tratam sim de temas duradouros, com dicas que podem ser utilizadas em diversos momentos.

Como é o caso de 10 ideias de como ganhar dinheiro na internet, mostrando algumas alternativas para se dar bem na web.

Dessa forma, não importa o mês ou dia que esse conteúdo seja lido, ele fará sentido, e estará atualizado.

Claro, para uma durabilidade maior, talvez seja preciso algumas alterações com o passar dos anos.

Mas, de uma forma geral seu conteúdo, sua essência principal é realmente evergreen.

É nítida então essa diferença, entre um texto voltado para uma data em específico e outro voltado para longos períodos.

Assim, enquanto passada a data tratada no primeiro exemplo, seu conteúdo será obsoleto, levando em consideração as contínuas tendências da moda, o outro continuará tendo relevância.

Desse modo, os acessos continuam a ser presentes no conteúdo evergreen, e irrelevantes nos temas rápidos.

Vídeos informativos

Embora tenha se tratado bastante dos conteúdos escritos, não são apenas eles que podem ser evergreen.

Muito pelo contrário, pois diversos outros formatos podem ser duradouros, como imagens e áudios.

Dessa forma, assim como os artigos sobre como fazer algo são conteúdos evergreen, os vídeos informativos também podem ser.

Obviamente tudo irá depender do tema tratado, afinal, como mencionado algumas vezes, isso irá interferir diretamente nessa questão.

Dar um passo a passo de como sacar o dinheiro do Auxílio Emergencial, embora seja interessante, é algo que se torna obsoleto em pouco tempo.

Afinal, tudo o que é preciso é apenas que o auxílio acabe, para que o tutorial não faça mais sentido algum.

No entanto, criar um vídeo explicando o que é determinado assunto, torna esse um conteúdo evergreen, com uma longa utilidade.

Isso parte do princípio de que o evergreen não é necessariamente um conteúdo escrito.

Embora dentro do contexto de todo o artigo, tenha-se levado com essa perspectiva, ele não tem apenas essas características.

Isso porque se cria-se para durar um bom tempo, ele é um conteúdo evergreen, sendo que o formato é apenas um detalhe.

Claro que dentro de todo o contexto do marketing, do SEO, e dos leads, o conteúdo escrito é o mais relevante.

Por isso, ter uma atenção mais apurada para esse formato é de suma importância, pois é através dele que adotam-se muitas técnicas do evergreen

Afinal, dentro desse mundo dos blogs, sites, funil de vendas, etc. o conteúdo escrito, ou melhor, os artigos são indispensáveis.

Conclusão

Durante todo o artigo foi possível perceber a importância do conteúdo evergreen dentro do mundo do marketing.

A captação de novos potenciais clientes para os serviços das empresas é sim potencializada com esse mecanismo.

Investir em um bom conteúdo evergreen gera resultados a médio e longo prazo, o que é ideal para uma empresa que visa crescer e traça muito bem seus passos.

Ter uma forma de captar mais pessoas, com um custo de investimento mais baixo, faz toda a diferença. E é exatamente isso que esse modelo permite, já que é mais durável.

Deixe seu comentário