Uma coisa é certa; conotação quer dizer sentido figurado e denotação quer dizer sentido literal. Desta forma, veja exemplos e entenda as diferenças entre esses dois planos de sentidos muito utilizados pelas pessoas.

O que é denotação e conotação? Ainda diante dessa exposição, muitas pessoas continuam a ter dúvidas sobre como e quando usar ambos os recursos linguísticos. Desta maneira, desenvolvemos uma forma muito simples de expor as diferenças entre conotação e denotação, para que não haja mais dúvidas sobre esse assunto.

Primeiramente, é importante compreender que a leitura é um recurso que vai auxiliar no aprimoramento desse aprendizado. Sendo assim, quanto mais a pessoa optar por ler matérias ao invés de assistir a vídeos para se informar, mais ela se insere em um ambiente de aprimoramento das suas habilidades cognitivas e linguísticas.

Então, de um modo geral, as pessoas acabam usando esses planos de sentidos; conotação e denotação, sem ao menos saber que estão usando. Desta maneira, não quer dizer que as pessoas não compreendem o que é um e o que é outro.

A questão maior é que algumas pessoas não compreendem esses planos de sentidos do ponto de vista teórico. Logo, fica fácil perceber que quando uma criança diz que está morta de fome, ela não quer dizer efetivamente que está morta.

Mas, ela também não sabe o que quer dizer conotação e muito menos denotação e isso é bem compreensível. Entretanto, a essência do que quer dizer essas palavras meramente acadêmicas, as pessoas compreendem de forma quase que natural.

Ou seja: no fundo todo mundo sabe o que quer dizer conotação e denotação, basta apenas saber explicar cada um. Nesse sentido, vamos descobrir mais detalhes interessantes sobre isso.

Fonte: Canva

Neste artigo você vai ver:

  • Denotação e conotação exercícios
  • O que é denotação e conotação exemplos?
  • O que é conotação e exemplos?
  • Qual é a diferença entre denotação e conotação?
  • O que é denotação e exemplos?

O que é denotação e conotação exemplos?

Bom, já foi dito anteriormente e não é nada muito complicado, mas exige um pouco de atenção. Sendo assim, conotação é quando a pessoa usa uma palavra no sentido conotativo e denotação é quando a pessoa usa uma palavra no sentido denotativo.

Ok! Não ajudou muito, então vamos para o próximo passo. A conotação é quando nós queremos expressar o sentido figurado das coisas, de modo que as palavras tomam um sentido diferente. Logo, é como usar uma palavra que quer dizer algo, mas de uma maneira simbólica ela acaba representando outra.

Esse tipo de recurso linguístico pode gerar muitos desentendimentos, sobretudo para estrangeiros residentes aqui no Brasil. Desta maneira, usar conotação em uma conversa com alguém do exterior, um turista por exemplo, pode não ser uma boa ideia.

Basicamente, quem começa a estudar uma língua estrangeira, geralmente se apega ao significado literal das palavras. Sendo assim, neste caso estamos falando da denotação, que é o que as palavras realmente significam, no seu sentido literal.

Apesar de que a maioria dos dicionários contenham significados de palavras no âmbito da conotação, nem sempre esses sentidos figurados são encontrados lá. Então é por isso que deve-se ter atenção quando usar o sentido Conotativo com alguém.

Devemos nos perguntar se aquela pessoa será capaz de compreender o sentido da frase. Entretanto, caso contrário o uso do recurso se torna vago e o objetivo real da linguagem, que é comunicar, não é alcançado.

Tenha isso em mente quando for conversar com uma criança ou com um estrangeiro, para evitar desentendimentos. Todavia, o recurso da denotação é sempre muito bem vindo e fundamental para que a gente compreenda, por exemplo, muitos aspectos das artes, como músicas, poesias, romance, filmes, novelas…

Exemplos

Vamos elencar aqui alguns exemplos clássicos de denotação e conotação. Sendo assim, esse será um recurso primeiro que vamos usar para esclarecer de uma vez por todas a diferença entre conotação e denotação.

Leia atentamente cada um dos exemplos, pois ao final deste artigo a gente preparou uma série de exercícios para testar o seu aprendizado. Portanto, preste bastante atenção nos detalhes para não ter dúvidas na hora do “vamo ver”!

Vamos lá!

Exemplos

Veja abaixo, vários exemplos de sentido conotativo para você aprimorar os seus conhecimentos na língua portuguesa:

“Pai, estou morto de fome!”

Nesse caso, a pessoa que está dizendo ao pai que está morto de fome, não quer dizer que está morto de verdade. Sendo assim, o sentido “morto” ocupou o lugar de intensidade, ou seja, a pessoa quis dizer que está com muita fome.

“Sérgio, não deita na cama, porque você está pingando de suor”

Alguém deu a ordem ao Sérgio para que ele não se deitasse na cama, mas ele não estava “pingando”. Logo, o Sérgio não pode pingar, dando a entender que ele estava muito suado naquele momento para deitar-se na cama.

“Não tem mais jeito Karla, a Silvia está derretendo nesse calor”

Gente! A Silvia não está derretendo de verdade, não é mesmo? Desta maneira, resta a crer que ela está com muito calor diante do sol. 

“A Bia arrasou com aquele vestido”

Arrasar, segundo o dicionário, quer dizer nivelar, tornar plano, mas pelo visto não é isso que a pessoa quis dizer sobre a Bia. Nesse sentido, quem disse que a Bia “arrasou”, quis dizer que ela chamou atenção, que ela causou uma boa impressão com o vestido. 

De outro modo, poderíamos pensar que a Bia “destruiu” o vestido, mas essa seria talvez uma segunda opção. Sendo assim, em alguns casos precisamos de um contexto mais amplo para poder compreender melhor o que a pessoa quis dizer.

“Bianca lacrou quando disse que não iria ao baile”

O sentido de lacrar é muito comum quando a gente fecha uma caixa ou um malote, por exemplo. Entretanto, a conotação englobou essa palavra e hoje ela representa que a pessoa “teve sucesso”, “se destacou” ou “fez algo de extraordinário”.

Ou seja: “Bianca foi extraordinária, quando disse que não iria ao baile”, talvez seja uma forma eficaz de representar o que a pessoa quis dizer.

“Esse assunto que tá rolando é o maior bafão”

O dicionário é claro quando diz que “bafo” é o ar que sai dos pulmões, ou o ar que sai da boca. Entretanto, a conotação nos indica que não é isso que a frase quer dizer sobre “bafão”.

A palavra “bafão” também está no sentido conotativo e neste caso representa a palavra “polêmica”. Sendo assim, é possível substituir a frase pela palavra polêmica, transformando em denotação, o sentido da palavra.

“Comprei um carro babado”  

“Babado” também é outra palavra de conotação que caiu no gosto das pessoas. Sendo assim, a pessoa não comprou um carro todo babado, literalmente, não é mesmo?

Neste caso a palavra “babado” tem sentido de “espetacular”, podendo ser substituída tranquilamente por esse outro termo. Logo, “Comprei um carro espetacular”.

Fonte: Canva

Qual é a diferença entre denotação e conotação?

A diferença entre conotação e denotação, é que uma diz respeito ao sentido figurado das palavras e a outra, o sentido literal. Portanto, quando a palavra usada refere-se a algo que ela representa de verdade, então nesse caso é denotação, mas se caso a palavra usada não representa de fato o que ela significa, então é conotação.

Na dúvida se uma palavra está sendo usada no sentido de conotação ou denotação, basta conferir no dicionário. Sendo assim, quando você ler “Fig.”, significa que aquele sentido é no sentido figurado.

Entretanto, de maneira geral os dicionários apresentam sempre a primeira opção de significado, como sendo o significado literal. Sendo assim, basta a pessoa procurar um dicionário e conferir se realmente a palavra em questão se encaixa na situação.

Por exemplo, se alguém diz para a outra que ela está morrendo de sono, será que essa pessoa está mesmo morrendo? Logo, fazer esse tipo de pergunta é crucial para definir se a palavra está sendo usada do sentido denotativo (sentido literal – denotação) ou no sentido conotativo (sentido figurado – conotação).

Basicamente, entender essas duas coisas não é muito difícil, mas o que pega mesmo são esses nomes técnicos, criados no meio acadêmico. Todavia, sabemos muito bem que todo conhecimento é útil e por isso vale a pena ter em mente esse aprendizado e inclusive aumentar o vocabulário.

Uma coisa é certa, quem precisa estudar para o ENEM, por exemplo, tem a obrigação de conhecer a conotação e denotação. Logo, sem esses conhecimentos o estudante corre o risco de perder pontos na hora da prova por errar algo que nem é tão complicado assim.

O que é conotação 5 Exemplos?

A conotação, como já abordamos da maneira mais ampla anteriormente aqui neste mesmo artigo, é o sentido figurado das coisas. Sendo assim, quando uma pessoa usa uma palavra para dizer outra coisa diferente do que a palavra significa em seu sentido literal, então a pessoa está usando a conotação.

Esse recurso linguístico é muito utilizado em composições musicais, poemas, poesias e muitos outros tipos de texto. Logo, compreender a conotação é fundamental para conseguir abstrair o máximo de esclarecimento sobre determinado conteúdo, sobretudo ao se tratar de um conteúdo artístico.

Já a denotação, quer dizer que a pessoa está realmente querendo dizer aquilo que a palavra significa em seu sentido literal. Sendo assim, quando isso acontece a pessoa está usando um recurso linguístico denotativo das palavras.

5 exemplos de conotação

  • “Bia está coberta de razão”
  • “Aquele jornal só produz matérias quentes”
  • “O carro vermelho passou voando”
  • “Carlinhos está roxo de fome”
  • “Beatriz dirige costurando os carros pela avenida”

“Sentido Literal” o que é isso? [denotação e conotação]

O sentido literal é aquilo que a palavra quer dizer que representa seu sentido genuíno, seu próprio sentido. Logo, como exemplo de denotação, podemos citar listas telefônicas, bulas de remédio, manual de aparelhos eletrônicos e todo esse tipo de conteúdo linguístico que utiliza somente as palavras no seu sentido genuíno.

O que é denotação 3 exemplos?

Já foi dito anteriormente, mas vale a pena relembrar o que é denotação. Sendo assim, pensar em denotação é pensar no sentido literal da palavra, aquilo que ela representa como sendo ela mesma.

O uso da denotação é muito comum em bulas de remédios, manuais de instrução, mapas e documentos, por exemplo. Sendo assim, existe uma linguagem formal nesses tipos de texto, a fim de garantir a ordem na expectativa de compreensão do conteúdo ali presente.

Um texto denotativo é muito importante para se evitar interpretações dúbias e inconclusas. Entretanto, como a linguagem escrita e verbal em nosso país é muito diversificada, até mesmo quando se usa apenas a denotação, é possível incorrer em interpretações diferentes para uma mesma palavra.

Em todo caso, compreender de forma básica a conotação e a denotação, já nos dá suporte para encarar provas como o ENEM. Além do mais, é uma vantagem extra para sabermos como lidar com pessoas diferentes, visto que cada uma tem uma capacidade de compreensão diferente também.

3 exemplos de denotação 

  • “Aperte o botão amarelo e gire a tampa para a esquerda”
  • “O Governo do Estado de São Paulo determina que todos os presos sejam libertados”
  • “Este medicamento não é indicado em casos de dengue”

Denotação e conotação exercícios

Agora chegou a hora de testar os seus conhecimentos, então prepare-se para responder aos exercícios a seguir. Logo, será possível compreender se realmente você compreendeu o que é conotação e denotação. Tudo certo?

Vamos lá!

01- “As frases abaixo, contém exemplos claros de CONOTAÇÃO”.

Marque V para Verdadeiro e F para falso, de acordo com cada opção abaixo:

(    ) – “Carla perdeu um dente da boca jogando futebol. Mas, por sorte, era o dente de leite”.

(    ) – “O parafuso vermelho deve ser parafusado no lado oposto da tampa de metal”.

(    ) – “Aquele cara defendeu o nazismo, ele é mesmo um cavalo”.

(    ) – “Ontem minha sogra me ligou. Ela disse que estava morrendo de medo”.

(    ) – “Em caso de contato com a pele, lave com água em abundância e em seguida procure um médico o mais rápido possível”.

02- “As frases abaixo, contém exemplos claros de DENOTAÇÃO”.

Marque V para Verdadeiro e F para falso, de acordo com cada opção abaixo:

(    ) – “Meu corpo, minhas regras”.

(    ) – “O amor é fogo que arde em meu peito”.

(    ) – “Este produto contém derivados do cacau”.

(    ) – “Este extintor é público. Use em casos de emergência”.

(    ) – “Para fazer o download, insira os seus dados no campo abaixo e em seguida clique em ENVIAR”.

Fonte: Canva

Gabarito: 

01- V – F – V – V – F

02- V – F – V – V – V

Deixe seu comentário