É possível que aqueles que estão lendo este artigo tenham se deparado com a seguinte frase “Error 403 Forbidden” ao acessar um site.

Apesar de ser algo que nem todos possuem conhecimento o suficiente para poder resolver, isso assola muitos que tentam acessar um site.

Antes de mais nada, o erro só aparece caso o site que se está tentando acessar seja, de alguma forma, proibido para o acesso ou fechado.

Existem algumas variações desse erro. E é o conhecimento do significado dessas variações que torna mais fácil chegar a solução do problema.

O que acontece em uma situação como essa onde o erro aparece na tela do navegador é que o servidor é capaz de identificar usuários não autorizados a acessar o site.

Ao todo, o número de variações desse erro é de 26 tipos, sendo que cada um leva ao cerne do problema.

E para aqueles que pensam que é necessário entrar em contato com um webmaster para resolver o Error 403 Forbidden, estão enganados.

Na grande maioria das vezes isso é algo que pode ser resolvido em poucos instantes e que não demanda tanto conhecimento técnico.

O Error 404, muitas vezes associado ao 403, é um código de status HTTPS que indica que o usuário consegue ter contato com o servidor, mas o servidor não consegue responder ao que o usuário pede.

Por exemplo, numa situação onde o servidor apresenta o Error 403 Forbidden, possivelmente há um veto para que um usuário não acesse o servidor por alguma motivação.

De qualquer forma, para que os leitores saibam como lidar com o Error 403 forbidden e também para que saibam melhor do que se trata, aqui está um artigo completo.

O que é Erro 403 Forbidden

Ao entrar em um site e se deparar com uma mensagem como essa, possivelmente os usuários de um site se questionam do que se trata.

Basicamente, esse erro está ligado ao que se trata de algumas configurações da página WordPress.

Ainda que todas as permissões necessárias dentro das habilitações da configuração da página estejam habilitadas, existem algumas brechas que podem levar ao erro em questão.

Além de existirem algumas variações da causa deste erro em questão, existem também algumas variações para sua nomenclatura.

Por exemplo: alguns exemplos de variação do nome do Error 403 Forbidden são Forbidden e HTTP Error 403.

As mensagens relacionadas ao erro que notificam o usuário incapacitado de acessar o site variam,

Algumas delas podem ser: “O cliente não tem permissão para acessar URL/INTL do servidor”.

Mas, no geral, as mensagens podem variar de acordo com o servidor que está em uso.

No entanto, por incrível que pareça, muitas pessoas demoram mais se questionando quanto ao que há de errado do que propriamente resolvendo esse problema.

Em suma, o que explica o Error 403 Forbidden está na não identificação do servidor em alguma parte do URL enviado.

Basicamente, o servidor predetermina que esse suposto erro do código URL pode atrapalhar seu funcionamento como um todo.

E isso ocorre pelo fato de que, ainda que seja um código HTTP certo, existem permissões não habilitadas.

Isso acaba levando o servidor a definir que há um erro de comunicação na página.

É claro que essa não é a única motivação para o servidor “travar” um usuário de adentrar na página em questão.

Mas, essa é uma das principais causas para que esse erro em questão apareça na tela do navegador de um internauta.

Isso também pode ser um sinal de erro de configuração na base do site.

Causas do Erro 403 Forbidden

Bom, como foi exposto anteriormente, existem diversas causas que podem levar um servidor a apresentar a mensagem de Error 403 Forbidden.

Seja por questões e erros de configuração, questões de segurança do próprio servidor ou outras, as causas são variadas.

Mas, em suma, pode-se resumir as causas desse erro em duas categorias.

A primeira é por questões de permissões nas configurações, como já se retratou na seção anterior.

A segunda é configurações feitas de forma inadequada.Por fim, a terceira causa pode ser por alguma pasta errada.

De qualquer forma, aqui serão expostos algumas formas de resolver esse erro, independente de sua causa.

Por sinal, neste artigo serão expostos as maneiras de corrigir o problema em seu cerne, assim como aprender a identificar o que causa o erro.

Para que os leitores que não possuem tanta experiência em Webmastering entendam isso melhor, o ideal é ler e reler, assim como buscar por vídeos no YouTube.

Enfim, a seguir estão algumas das possíveis soluções para as causas das diferentes variações do Error 403 Forbidden.

Verificar permissões de arquivo

Como já foi abordado aqui no texto, é possível que o cerne do erro esteja entre as permissões que não estão, ou naquelas que estão, habilitadas.

Portanto, para corrigir é preciso fazer o uso de um FTP. 

Para aqueles que desconhecem essa “ferramenta”, os gerenciadores de FTP nada mais são do que formas de conectar um computador a servidores da internet para que haja um câmbio de arquivos.

São muito úteis justamente para as necessidades de verificação de permissões, arquivos presentes no servidor, etc.

E por isso o uso de um gerenciador de FTP será tão útil para essa que é uma das soluções para o problema.

Enfim, retomando a solução do problema, ao acessar o gerenciador de FTP no painel do host usado para o servidor é necessário ir até a pasta de instalação do WordPress.

Em seguida, o usuário deve se dirigir até o diretório raiz do site, também conhecido como public_html.

Provavelmente, o nome usado na pasta de instalação do WordPress para esse diretório é o que foi deixado em itálico no parágrafo anterior.

Enfim, ao clicar no diretório, a pasta em questão se abrirá e em cada um dos arquivos haverá um número de permissões a sua frente na seção Permissões.

Os números em questão indicam as habilitações de interação para cada tipo de usuário do site.

Mas, caso esses números não estejam disponíveis, é preciso que se clique com o botão direito em Permissões ou que se clique nos arquivos com o botão direito e se selecione a opção Permissões do arquivo.

A partir disso, o usuário tem acesso ao número de permissões da pasta de cada tipo de usuário.

No geral, o padrão para essas pastas do WordPress é de 755 permissões. Mas, esse número pode ser alterado de acordo com a finalidade.

Número de permissões de arquivo

Antes de mais nada, na seção anterior foi possível chegar ao cerne do problema acessando as permissões de arquivo com o gerenciador de FTP.

Além disso, ficou claro o número de permissões padrão para os arquivos de um servidor no WordPress (755).

Mas, para nos aprofundarmos um pouco mais no número de permissões, aqui estão alguns dos números respectivos às configurações desejadas pelo Webmaster.

Então, ao acessar as Permissões do arquivo, o número de permissões pode ser alterado pelo usuário.

Para fazer isso, basta clicar com o botão esquerdo em Valor numérico, onde fica possível fazer as alterações que se deseja.

Como já foi dito, 755 é um número padrão. Mas, por trás dele existe a permissão de que todos os usuários leiam e executem os arquivos do local.

Mas, para que todos possam fazer edições nos arquivos, é preciso que se coloque o número 777.

Todavia, esse é o número onde se há menos proteção do servidor e pode dar brechas para invasões.

Enfim, de qualquer forma, existem também os arquivos com número 644, semelhantes ao 755.

Ao clicar em Apply to directories only após definir o valor de 755, o padrão está estabelecido.

Para finalizar, basta clicar em OK para que o FTP execute as devidas redefinições de permissão no diretório.

Isso deve ser feito em cada um dos arquivos. Mas, caso isso não surta efeitos no Error 403 Forbidden, é preciso conferir a segunda solução abaixo. 

Arquivo .htaccess

Então, após verificar se a solução do erro se encontra no número de permissões usando o gerenciador FTP, a segunda alternativa de solução é checar o arquivo .htaccess.

Para chegar até o arquivo em questão, é preciso fazer o uso do gerenciador novamente.

Depois de adentrar no gerenciador de arquivos, é preciso ir até o diretório public_html.

Em seguida, é preciso procurar pelo arquivo .htaccess . Todavia, ele pode não se encontrar no local.

Para encontrar,basta ativar os arquivos ocultos indo até as configurações e selecionando a opção que revele esses arquivos.

No caso, a opção em questão é mostrar arquivos ocultos.

Bom, antes de mais nada, é preciso explicar a importância desse arquivo para que então seja possível dar continuidade na solução do problema.

Esse arquivo é crucial para a estrutura do servidor, ou seja, para que esteja devidamente configurado e funcional.

Ainda que seja comum encontrar esse tipo de arquivo nos sites WordPress, ele pode não se encontrar presente.

Nesses casos, é preciso contar com um pouco mais de disposição, porque se faz necessário criar o arquivo do 0.

Todavia, caso se tenha encontrado o arquivo, aqui está a solução proposta.

Após encontrá-lo, é preciso baixar para que se tenha uma cópia salva no computador antes de excluí-lo.

Basicamente, ao excluir, possivelmente o problema esteja resolvido. Após fazer a exclusão do arquivo no site, basta acessá-lo.

Caso o site funcione bem, isso é um indicativo que o erro estava justamente no arquivo em questão.

E para não deixar o site lacunoso, é preciso colocar um arquivo da mesma natureza no site.

Para fazer isso, basta acessar as configurações do site no WordPress e ir até a seção Permalinks.

Sem preencher nenhum dado, basta clicar em salvar mudanças  na parte inferior e, pronto. Resolvido! 

Plugins do WordPress

Bom, se nenhuma das alternativas de soluções anteriores foram efetivas até agora, é possível que o erro se encontre nos plugins do WordPress.

Aqui estão expostos algumas das possibilidades de plugin que podem estar atrapalhando o devido funcionamento do site.

Por isso, antes de mais nada, é preciso ter o WordPress aberto para que seja possível adentrar na seção de plugins.

Ainda que existam alguns plugins que podem ser o cerne da questão do Error 403 Forbidden, desativar todos seria uma solução rápida.

Entretanto, isso geraria algumas outras questões a serem resolvidas a posteriori pelo Webmaster.

Afinal, todos os plugins tem alguma finalidade, ainda que alguns não sejam essenciais para o funcionamento do site.

Mas por meio desse tutorial simples será possível indicar qual é o plugin que possivelmente está causando o erro em questão.

Bom, o primeiro a se fazer é usar o gerenciador FTP novamente acessando a pasta de instalação dos arquivos do WordPress.

Depois disso, é preciso clicar na pasta wp content e localizar Plugins, que deve ter o nome alterado pelo usuário para Plugins desativados ou como quiser identificar a pasta.

Dessa forma, em seguida é preciso desativar todos os plugins e fazer o teste acessando o site.

Caso o site “rode limpo”, sem o aparecimento do Error 403 Forbidden, o problema realmente estava em algum ou alguns dos plugins.

Para que o site não fique sem os plugins, é preciso ativar um de cada vez e simultaneamente conferir se o site continua funcionando.

Caso o funcionamento seja interrompido ao reativar algum dos plugins, isso indica que foi possível identificar o cerne do erro.

A partir disso, ele deve ser atualizado ou excluído para abrir espaço para um novo plugin de mesma função.

Mas, caso o problema ainda não tenha sido solucionado, existe outra medida para se tomar.

Verificando o registro A do site

Enfim, se o leitor chegou até aqui, possivelmente já está agoniado para saber se vai encontrar a solução para seu problema nesse texto.

Essa é uma das últimas medidas cabíveis para se tomar após tentar todos os procedimentos passados anteriormente.

Como foi dito anteriormente, logo no início do texto, existem diversas causas que podem ocasionar o Error 403 Forbidden.

E uma delas pode se encontrar na não habilitação de um site para a exibição de conteúdos da hospedagem.

Isso se dá por diversos fatores, mas um deles pode ser devido ao fato de que a conta pode estar cancelada.

Além disso, uma das outras causas se encontra no fato de que o apontamento do site pode estar inadequado.

Para resolver isso, é preciso acessar o painel de hospedagem e se direcionar até as opções avançadas.

O intuito é fazer com que um site aponte para o IP certo. No caso, o IP do Webmaster que está lidando com o erro.

Antes de retomar o que deve ser feito acessando o painel de hospedagem, é preciso dizer que tudo que se deve fazer é acessar o A Record do site.

Isso possibilita a alteração do DNS ( Sistema de nomes de domínio) para que aponte ao IP correto.

Enfim, ao acessar o painel, é preciso ir até as configurações de DNS e depois no gerenciador de registros DNS.

Nessa seção há escrito a seguinte frase:  Aponte para  e, logo na frente, a lacuna onde se deve preencher com o IP.

Após preencher o IP na lacuna em questão, basta finalizar o processo e salvar. Possivelmente, isso solucionará o Error 403 Forbidden.

Mas, caso não o faça, possivelmente existe algum fator desconhecido que pode estar ocasionando esse problema.

Por isso, abaixo está uma das últimas possibilidades de solução para esse problema em questão.

Como corrigir o Erro 403 Forbidden

Se o erro não foi resolvido com nenhuma das soluções que foram dadas no texto, possivelmente o leitor já se encontra decepcionado ou aflito.

Mas, apesar de ler um texto para encontrar a solução de um problema e não encontrá-la ser algo frustrante, não há motivos para desespero, não.

Possivelmente, alguma das soluções que foram dadas para chegar ao cerne do problema podem ter sido efetuadas de maneira errada.

Caso a solução do Error 403 Forbidden não demande nenhum imediatismo, basta tentar novamente para ver se as soluções expostas aqui funcionarão.

Mas, caso haja necessidade de solução imediata desse erro no servidor, por que não contratar um especialista no assunto?

A Agência Visão Confiável conta com profissionais qualificados que podem contribuir para a solução de problemas como esse.

Ainda que o leitor tenha vindo até esse texto para encontrar a solução para que consiga atingi-la de maneira autônoma, nem sempre é possível resolver tudo sozinho.

Seja nos problemas da vida real ou virtual, é sempre bom poder contar com alguém que tem domínio de um assunto.

E, no caso, os especialistas da Visão Confiável detém os conhecimentos necessários para solucionar esse problema de forma rápida e eficaz.

Ainda que a intenção em ler um artigo como esse seja aprender a manusear as soluções em webmaster para conseguir resolver o Error 403 Forbidden sem gastar nenhum dinheiro, os orçamentos podem ser combinados para que os valores caibam no bolso daqueles que precisam da solução do problema em questão.

E para entrar em contato com a empresa, basta mandar uma mensagem no WhatsApp e fazer um orçamento.

A equipe da Visão Confiável está repleta de especialistas que podem contribuir para a solução de problemas em sites e também aplicar técnicas de SEO e estratégias de Marketing Digital para agregar melhores resultados.

Considerações finais

O artigo em questão teve como proposta ajudar os leitores a aprender como solucionar o Error 403 Forbidden.

Por meio da verificação de permissões de arquivos, a conferência do arquivo .htaccess, dos plugins usados no site ou verificando o A Record do site foram expostas as possíveis soluções.

Ainda que tenham sido expostas aqui, isso não significa que o erro pode ter sido resolvido.

Afinal, lidar com Webmaster é algo que demanda conhecimento técnico e não é em apenas um artigo, que apesar de possuir muitas informações pertinentes, que vai se obter todas as necessárias para ser um expert.

De qualquer forma, os erros de servidor são muito comuns e podem surgir de uma hora para a outra em um site.

Por isso, o ideal é saber como lidar com eles buscando o máximo de conhecimentos dentro da área de sites.

Caso os leitores tenham interesse em se aprofundar mais no assunto sobre sites, o Blog da Visão Confiável conta com alguns textos sobre o assunto.

Além disso, no YouTube existem alguns canais que podem contribuir com conhecimento que agrega valor sobre o assunto, como o próprio canal da Hostinger.

Em linhas gerais, lidar com esse tipo de situação em um site é algo que pode demandar dos usuários paciência e conhecimento.

No entanto, para aqueles que não tem afinidade para lidar com esse tipo de questão, o ideal é que se contrate algum especialista.

Como foi sugerido aqui, a Visão Confiável tem em sua equipe profissionais capacitados que podem contribuir bastante para o assunto.

Enfim, caso o leitor tenha conseguido resolver o problema a partir desse texto, isso é motivo de muita satisfação para a equipe da Visão.

Sem mais delongas, essas foram algumas maneiras de corrigir o Error 403 Forbidden.

Deixe seu comentário