Facebook Ads: O que é, tipos, como funciona e como usar

Facebook Ads: O que é, tipos, como funciona e como usar

O Facebook ADS é a ferramenta de publicidade paga do Facebook. É lá que todo mundo precisa estar caso queira realmente ser visto pelos mais 2,3 bilhões de usuários que acessam a plataforma mensalmente, ou pelos 1,4 bilhão que a acessam diariamente.

A empresa é simplesmente o maior ponto de encontro do planeta; e a sua mídia paga, o Facebook Ads, só encontra rival mesmo é no Google, que divide com ela o privilégio de serem os principais instrumentos de publicidade digital do séc. XXI.

Mas como criar uma campanha no Facebook ADS? Quais as vantagens e desvantagens do ADS? O que técnicas de vendas como o copywriting e storytelling têm a ver com ele? É o que saberemos ao longo desse artigo.

O que é o Facebook ADS e qual a sua importância?

O Facebook ADS, como dissemos, é o mecanismo de anúncios pagos criado pelo Facebook como forma de ganhar dinheiro enquanto divulga os produtos de milhões de pessoas ao redor do mundo. Por meio da plataforma, é possível segmentar o seu público, ou seja, exibir os seus anúncios apenas para potenciais compradores.

Para que se tenha uma ideia do que o Facebook representa como um dos principais veículos de engajamento da Era Digital, basta saber que dos cerca de 206 milhões de brasileiros, segundo os dados mais recentes do IBGE, cerca de 103 milhões possuem uma conta na plataforma; isso quer dizer que todos os potenciais compradores de todo e qualquer produto em algum momento estarão navegando na rede.

Uma tacada de mestre do polêmico e controverso Mark Zuckerberg! que conseguiu a façanha de reunir um planeta inteiro ao seu redor; cada um com os seus gostos, hábitos e necessidades; e ainda por cima com uma valiosa conta de e-mail que é o principal elo de ligação entre vendedores e potenciais clientes.

O resultado disso é que a empresa conseguiu também a façanha de obter um lucro líquido de cerca de US$11,2 bilhões de dólares em 2020; sem contar o fato de que 1 em cada 4 vendas feitas no e-commerce brasileiro teve origem em redes sociais, quase sempre no Instagram ou Facebook, que pertencem a um grupo que compartilha com o Google a maior fatia desse mercado digital.

Mas como realmente funciona o Facebook ADS?

A primeira coisa a saber sobre como criar campanhas no Facebook ADS é que com ela você irá dispor de uma infinidade de recursos, que lhe permitirão criar os mais variados tipos de anúncios, com técnicas de copywriting, storytelling, brainstorming, free writing, entre diversas outras técnicas de escrita cujo principal objetivo é estimular um indivíduo a comprar o seu produto.

Estima-se que hoje existam no mundo cerca de 3 milhões de anunciantes no ADS, que vendem desde luvas para ciclistas, passando por deliciosos cupcakes, a até mesmo obras literárias e ferramentas tecnológicas.  

Mas antes de compreender quais os tipos de Facebook Ads existem, como utilizar o Facebook ADS para empresas, quais os erros mais cometidos, entre outras especificidades da plataforma, é necessário saber que, para poder efetivamente utilizá-la, você primeiro precisará ter uma conta no Facebook, criar um perfil e uma página, introduzir algum conteúdo para robustecê-los, e somente a partir daí você estará apto a utilizar o “gerenciador de anúncios” automaticamente disponibilizado em seu perfil ou página.

Como agir dentro do gerenciador de anúncios?

Ao acessar a página do gerenciador de anúncios, você terá que, em primeiro lugar, escolher o objetivo da sua campanha (conversão, curtidas, geração de leads, tráfego, etc.), determinar o orçamento ou quanto deseja gastar com os anúncios, escolher um público-alvo, onde quer que os seus anúncios apareçam (feed de notícias do Facebook, stories do Instagram, feed de vídeos, etc.), entre outras exigências da ferramenta.

Resumidamente, o passo a passo inicial para criar uma campanha no Facebook ADS é o seguinte:

  • Invista em um bom título, que seja chamativo, atraente e que defina de forma precisa e objetiva a proposta do seu produto;
  • Utilize uma imagem da mesma forma chamativa, e que estimule um indivíduo a clicar nesse seu anúncio quando ele estiver passando em sua frente durante a navegação pelo Facebook;
  • Não descuide das palavras-chave – que também devem ser objetivas – e finalize o anúncio com o chamado “call-to-action” ou “chamada para a ação”, que é aquele “Saiba Mais”, “Clique aqui”, “Deixe o seu comentário”, ou qualquer outra forma de incentivar o seu possível cliente a interagir com o seu produto.

Uma estratégia de marketing baseada em Facebook ADS

Dentre as principais estratégias utilizadas nos diferentes tipos de Facebook ADS, o que os grandes especialistas nessa ferramenta destacam são os testes, que podem ser feitos nas campanhas de anúncios, a fim de descobrir como eles estão chegando nos seus possíveis clientes e o que porventura precisa ser feito para melhorá-los – caso seja necessário.

O “teste A/B”, por exemplo, é um deles. Com a ajuda dessa ferramenta você será capaz de alterar detalhes dos seus anúncios, como o público-alvo (jovens, mulheres, universitários, solteiros, etc.), dispositivos de publicação, textos e imagens dos anúncios, ou o que quer que você queira mudar com base nas respostas que conseguiu obter da sua audiência.

Os principais resultados após criar uma campanha no Facebook ADS

Dentre os resultados que podem ser mais facilmente observados após subir uma campanha de anúncios por meio dessa ferramenta, podemos destacar:

  • Aumento das vendas ou do número de pessoas que curtirão a sua página do Facebook;
  • Aquisição de uma lista de e-mails, que funcionarão como contatos com características de potenciais compradores;
  • Aumento da relevância da sua marca ou produto, ao ponto de começar a tornar-se referência em um determinado nicho;
  • Enriquecimento do seu blog, ou da página da sua empresa, com uma enxurrada de tráfego de indivíduos também com características de compradores;
  • Entre outras vantagens que as estratégias tradicionais de publicidade não conseguem, nem de longe, comparar.

E tudo isso sem esquecer que o dinheiro alocado na sua conta do gerenciador de negócios do Facebook só será descontado após alguém clicar no seu anúncio ou a cada 1.000 pessoas que o visualizarem.

Em síntese, o que o Facebook  faz é colocar pessoas dentro da sua loja, para que a partir daí você faça a sua parte, ou seja, as convença a comprar o seu produto, com a ajuda de uma página de vendas construída com as melhores técnicas de storytelling e copywriting, com um preço razoável (dentro das expectativas do mercado), e que ainda realmente seja capaz de resolver um problema real ou “curar” alguma dor de um indivíduo bastante específico.

Como fazer e quais os tipos de Facebook ADS?

Uma curiosidade acerca dessa estratégia de anúncios pagos é que, por meio de uma conta no Facebook, você também poderá divulgar os seus produtos no Instagram – um dos braços do verdadeiro império de Marck Zuckerberg.

Na verdade durante o processo de criação de um anúncio você será solicitado a conectá-lo à sua conta do Instagram (caso tenha uma); dessa forma, você acabará anunciando em um grupo responsável por 20% de todas as vendas do e-commerce brasileiro, ganhará bem mais visibilidade para a sua marca, e ainda obterá um alcance impressionante de possíveis compradores do seu produto.

Os tipos de Facebook ADS

Tanto os indivíduos que utilizam a plataforma como uma estratégia de divulgação pessoal, quanto os que utilizam o Facebook ADS para Empresas, precisam conhecer a fundo a maneira como a plataforma faz para conseguir achar o cliente certo e com potencial de ser um comprador efetivo dos seus produtos.

E uma das maneiras de realizar isso é conhecer os principais tipos de ferramentas oferecidas pela rede. Entre as quais:

Facebook ADS para Afiliados 

Ele consiste em uma estratégia utilizada por pessoas que vendem produtos de terceiros. Com a ajuda do ADS, eles conseguem criar campanhas onde vão os seus links de afiliados, de acordo com as mesmas regras e exigências pelas quais se submetem os produtores.

Facebook ADS para Conversões 

Conversões significam vendas. Isso significa dizer que você irá anunciar com o objetivo de vender um produto, sempre ajudado pelo famoso “pixel do Facebook”, mas também pelas técnicas de storytelling, copywriting, brainstorming, entre outras estratégias que lhe ajudarão a obter informações valiosíssimas sobre quem, quando e como compraram o seu produto.

Facebook ADS para Reconhecimento da Marca

Aqui, como o próprio nome diz, o objetivo é fazer com que a sua marca seja lembrada. Uma boa estratégia de reconhecimento de marca deve fazer com que, sempre que alguém tenha contato com a sua logo, o produto ou serviço que você vende surjam de imediato em sua cabeça. Com isso, você acaba se tornando referência e a primeira opção quando determinada necessidade surge na vida de um  indivíduo.

Facebook ADS para Engajamento 

Um outro tipo de Facebook ADS tem como objetivo engajar pessoas em torno do seu anúncio. Campanhas de engajamento podem também ser divididas em “curtidas na página”, “envolvimento com a publicação” e “participações em evento”; e em todas elas, o objetivo principal é produzir métricas, que você terá sempre à disposição no próprio gerenciador de anúncios, com um perfil completo dos indivíduos que estão respondendo ao seus anúncios.

Facebook ADS para aumentar geração de leads 

Um “lead” é um potencial cliente. É alguém que demonstrou um interesse inicial pelo seu produto ou serviço em algum momento. E ao demonstrar esse interesse, ele também deixou o seu e-mail, o qual você utilizará para futuros contatos comerciais ou até mesmo como um guia  para a personalização de outros anúncios.

Numa campanha para geração de lead você conseguirá captar as informações desse potencial cliente também por meio de técnicas de storytelling, copywriting, entre outras, sem que ele sequer precise sair do ambiente do Facebook; e para que, assim, você consiga extrair dele informações básicas de contato sem submetê-lo ao desconforto de sair da plataforma – o que, por tabela, ainda garante um maior engajamento com o seu anúncio.

Facebook ADS para aumentar tráfego 

Mas você também poderá criar uma campanha no Facebook ADS para aumentar o trânsito de pessoas em sua página, site ou blog. Isso é importante pois é a partir desse tráfego que você irá, naturalmente, atrair pessoas que necessitam do produto que você vende.

Uma campanha como essa deverá conseguir armazenar informações sobre determinados indivíduos, realizar testes, administrar os anúncios produzidos, lhe indicar onde colocar novos anúncios; deverá também ser baseado em um objetivo bastante claro, saber redirecionar os possíveis clientes, entre outras características que certamente farão toda a diferença entre o sucesso e o fracasso desse tipo de empreitada.

Facebook ADS para visualizações de vídeo 

Por fim, um outro tipo de Facebook ADS para empresas, ou para anunciantes particulares, tem como objetivo conquistar pessoas por meio de vídeos, que são veículos que estão entre as principais ferramentas de marketing da Era Digital.

E para que se tenha uma ideia do potencial dos vídeos para a divulgação de um produto ou serviço, uma pesquisa realizada pelo Aberdeen Group descobriu que empresas que investem em vídeos como uma das suas estratégias de publicidade conseguem um aumento anual de cerca de 54% no reconhecimento das suas marcas e mais de 66% de leads com potencial de consumir os produtos ou serviços que elas oferecem.

Então como funciona e como fazer na prática?

Bom, antes de ir para a parte concreta da coisa, é importante atentar para algumas peculiaridades do Facebook para anunciantes. É importante saber, por exemplo, que essa é uma plataforma bastante visual, ou seja, ela é construída de forma a atrair inicialmente o cliente pelo que ele vê. Portanto:

  • As pessoas precisam ser impactadas pelo seu anúncio;
  • Ele deve ser atraente, com cores estrategicamente escolhidas e com um texto direto e conciso;
  • Você poderá utilizar vídeos e todos os formatos que o Facebook oferece na hora de criar um anúncio; 
  • Cuidado com as promessas mirabolantes e exageradas! Elas são passíveis de punição pelo Facebook;
  • Tão importante quanto saber para que ele serve é saber como funciona o Facebook ADS. Por isso, a dica é esmiuçar todas as funcionalidades da ferramenta; testar e errar até aprender; ler o Termo de Uso e de Privacidade; para que assim você acabe descobrindo tudo o que a ferramenta pode lhe oferecer no que diz respeito a estratégia de vendas e geração de leads.

O que levar em consideração na hora de subir uma campanha de anúncios?

Um objetivo claro

Um objetivo claro significa saber o quanto pode gastar com anúncios, qual é exatamente o público comprador do seu produto e como encontrá-lo por meio do Facebook ADS.

Além disso, você deverá se fazer as seguintes perguntas: Tenho outro objetivo além de vender? Em quanto tempo pretendo atingir esses objetivos? Qual a melhor estratégia de segmentação para que evite exibir os meus anúncios para quem não tem interesse? Entre outras perguntas que certamente farão toda a diferença entre o êxito e o fracasso da sua campanha com o uso do Facebook ADS.

Saber esmiuçar a plataforma

Aqui estamos falando de esmiuçar o gerenciador de anúncios, a ferramenta para a criação de campanhas no Facebook ADS, e que é capaz de surpreender até mesmo os que já estão suficientemente familiarizados com ela.

Também conhecida como Facebook ADS Manager, a plataforma permite que você suba campanhas que serão compostas por conjunto de anúncios, que por sua vez serão compostos por anúncios criativos – com textos, imagens, vídeos e outras técnicas que deverão ser utilizadas de acordo com cada estratégia de publicidade.

No Facebook ADS Manager, você ainda, após publicar um anúncio, poderá acompanhar na tela toda a sua performance: a quantidade de visualizações do conteúdo, o número de cliques no anúncio, a quantidade de impressões (quantidade de vezes em que ele foi visto por um único usuário), entre outras métricas que deverão ser observadas e utilizadas para otimizar, ainda mais, as suas campanhas.

Definir os seus objetivos

Tão importante quanto saber como funciona o Facebook ADS é também saber exatamente o que você pretende com essa ferramenta. Isso significa que se o seu objetivo for em longo prazo, talvez o ideal seja subir uma campanha com o objetivo de “engajamento”, ou mesmo “curtidas”, deixando a campanha de “conversões” para quando acreditar que já possui uma quantidade ideal de leads (contatos) engajados com o seu serviço ou produto.

Objetivos de campanha também têm a ver com chamar a atenção de possíveis clientes com a ajuda de estratégias de Free Writing, storytelling, copywriting, entre outras técnicas capazes de vender sem que pareça estar vendendo; apenas e tão somente aproveitando-se de alguns comportamentos que podem ser estimulados nas pessoas.

Com o copywriting, por exemplo, você irá criar os seus anúncios com técnicas como a escassez, reciprocidade, autoridade, entre outras que despertem a atenção, estimulem a tomadas de decisões, provoquem, excitem e vendam, vendam muito! já que esse é, no final das contas, o principal objetivo de toda e qualquer campanha de anúncios de publicidade.

Como convencer alguém a comprar o meu produto?

Utilizar o Facebook ADS para empresas ou para anúncios particulares requer um mínimo de conhecimento sobre alguns termos bastante comuns nesse universo do marketing digital. Um desses, por exemplo, é a “persona”, que nada mais é do que um tipo específico de cliente; e que por ser específico, certamente necessitará das soluções oferecidas pelo seu produto.

E para entendermos melhor em que consiste essa “persona”, imaginemos um público-alvo, que seria, por exemplo: “homens, brasileiros, com nível superior e casados”. Imaginemos agora um maior refinamento desse público. Por ex: “homens, brasileiros, com nível superior, casados, que desejam tornar-se empreendedores e que pesquisaram recentemente sobre cursos relacionados a marketing digital”.

Perceba que agora temos um indivíduo quase real, específico, com uma “dor” que precisa ser sanada, e que só espera pelo seu produto (se esse for o caso) ou serviço para que possa dar início a uma jornada de compra.

Portanto, ao definir com precisão a sua persona, você evita, entre outras coisas, desperdício de tempo e de dinheiro, pois agora será capaz de exibir os seus produtos para indivíduos que realmente precisam dele; que verdadeiramente estão dispostos a comprá-lo; e é justamente aí que reside a importância de se conhecer, com profundidade, os mais variados tipos de Facebook ADS ou campanhas no Facebook para a divulgação de produtos.

Definindo o quanto pretende gastar com uma campanha no ADS

Por fim, e não menos importante, é saber o quanto verdadeiramente pode gastar diariamente (ou no total) em uma campanha de anúncios no Facebook. 

Isso é importante por que no facebook ADS você geralmente paga por cada 1.000 impressões do seu anúncio, ou seja, toda vez que um grupo de 1.000 pessoas visualiza-o em algum espaço no Facebook ou Instagram.

A grosso modo, os anúncios disputam entre si pela atenção do Facebook; é mais ou menos assim que ele decide aos quais deverá dar preferência na hora de exibi-los a um potencial cliente. Por isso saiba que só há duas maneiras de agradar ao Facebook: colocando muito dinheiro nas campanhas ou criando anúncios tão chamativos, diretos e atraentes que a tempestade de cliques e de compartilhamentos que eles receberão praticamente obrigará o Facebook a dar mais atenção a eles.

Portanto, se você pertence ao grupo da maioria dos indivíduos (os que não têm tanto dinheiro assim para gastar com anúncios no Facebook), procure criá-los pensando em como você mesmo gostaria de ser abordado. 

Escolha vídeos ou imagens ricos, vistosos e chamativos; evite as promessas mirabolantes ou enganosas (que serão rechaçadas pelo Facebook); entregue um produto que verdadeiramente atinja ou supere as expectativas da sua audiência; e com isso garanta o seu lugar ao sol nesse tão disputado, porém recompensador, universo do empreendedorismo.

E caso esse artigo de alguma forma tenha sido útil, deixe a sua opinião por meio de um comentário, logo abaixo. Não esqueça de entrar em contato conosco para saber mais sobre os nossos serviços sobre redação, SEO, ADS e muito mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *