O Google é a maior ferramenta de busca que existe na Web e possui sua própria plataforma de notícias, o Google Notícias.

No entanto, é normal que uma grande maioria das pessoas desconheçam alguns de seus recursos e como personalizar as notícias que aparecem em seus feeds.

Apesar de ser uma das ferramentas mais usadas para encontrar notícias, essa acaba sendo também um recurso desafiador para aqueles que desconhecem sua totalidade.

Além disso, existem alguns segredos e macetes sobre o Google Notícias que nós da Visão Confiável separamos nesse artigo para apresentar aos leitores.

Antes de mais nada, é preciso ressaltar que o Google Notícias é uma plataforma de informações extremamente funcional.

Em suma, tudo que é feito pelo Google Notícias é a agregação de notícias na plataforma de buscas para que novidades sejam encontradas de acordo com palavras chave, relevância e data de publicação.

Ou seja, ele é uma forma do Google agregar diferentes notícias de diversas fontes sobre um mesmo assunto em sua página de pesquisas.

É claro: é de suma importância que para conseguir encontrar uma notícia a mesma esteja publicada na internet. Por isso, dificilmente notícias muito antigas, como da década de 60 serão encontradas nessa plataforma do Google.

Aliás, para encontrar notícias tão antigas assim na internet somente tendo acesso a seções de arquivos jornalísticos em sites específicos ou em bancos de dados.

Enfim, para que os leitores aprendam mais sobre esse recurso do Google, como ranquear bem uma notícia e conhecer algumas curiosidades sobre o Google Notícias, aqui está um artigo feito especialmente por nossa equipe.

Google Notícias

A data de lançamento do Google Notícias foi no ano de 2002. No entanto, só em 2005 que a versão com notícias em português feito diretamente para países como Portugal e Brasil surgiu.

É importante ressaltar que nem todos os países falantes de português possuem uma plataforma Google Notícias exclusiva.

Como é o caso de Timor-Leste, país do sudeste asiático que é também um dos países mais “jovens” do mundo. Algo que pode justificar isso é o fato de que ainda está passando por um processo de consolidação de hegemonia, autonomia política, etc.

Enfim, indo ao que interessa: a partir do surgimento do Google Notícias no Brasil, um fluxo constante de notícias passou a ficar disponível no Google. Com isso, notícias veiculadas nos principais meios de notícias do país começaram a ficar mais fáceis de encontrar em suas plataformas virtuais a partir de pesquisas no Google.

Em suma, o que é feito pela tecnologia do Google Notícias é o uso de uma inteligências artificial capaz de identificar notícias e seus nichos para então distribuir na plataforma do Google e acordo com relevância e data de publicação.

Com isso, as notícias são atualizadas constantemente e nunca há notícias antigas presentes na página inicial da plataforma de notícias oficial do Google.

Apesar de só ter chegado no Brasil em 2005, o Google Notícias existe nos EUA desde sua criação. Ao passo que atualmente mais de 127 países possuem uma versão próprio do Google Notícias.

Enfim, depois de seu lançamento o Google já passou por uma repaginada total. Seja técnica ou em aspectos gráficos, desde 2018 o Google Notícias apresenta uma série de novos aspectos.

Aliás, anteriormente a isso várias questões problemáticas direcionaram-se ao Google News no Brasil. Trata-se do fato de que alguns jornais brasileiros “deram as costas” para a plataforma.

Google Notícias Brasil

Anteriormente, comentamos aqui que anteriormente a mais recente atualização de relevância para a estrutura do Google News, alguns jornais brasileiros decidiram boicotar a plataforma de notícias oficial do Google.

Mas, antes que os leitores achem esse fato controverso por conseguirem ler notícias dos principais veículos a partir do Google News: já existe uma solução para o problema.

No entanto, é importante trazer à tona porque houveram muitos interesses por trás desse boicote ao Google.

E serve para mostrar a importância da internet ter democratizado o espaço para notícias de qualidade em portais menores, independentes e que buscam expressão como promotores de notícias.

Tudo começou em 2012. O fato deu-se após uma decisão tomada pela Associação Nacional de Jornais, que sinalizou a saída de todos os 154 jornais vinculados a ela da plataforma de notícias do Google.

Em alegação, os jornais postularam que o Google estaria desviando o pagamento que deveria chegar até os jornais para viabilizar o tráfego de outros sites.

Enfim, tudo isso foi fundamentado na ideia de que a presença digital desses veículos de imprensa não estava tendo relevância aumentada.

E que isso descumpria com a ideia inicial da Associação Nacional de Jornais em estar presente na plataforma de notícias.

Em resposta, o Google notificou esse conjunto da imprensa que seus canais noticiosos, na época, possuíam mais de um bilhão de cliques na web. E foi a partir disso que defendeu sua conduta de não pagar pelos conteúdos dos sites.

Enfim, foi a partir disso que alguns jornais da Associação postularam que seus sites poderiam continuar sendo encontrados na ferramenta de busca do Google, mas não em sua plataforma de notícias.

Em contrapartida, agora o público brasileiro é obrigado a fazer assinaturas virtuais para acessar notícias em portais virtuais como Estadão e Folha de São Paulo.

Como usar o Google Notícias?

Polêmicas à parte, agora é possível falar um pouco mais sobre a plataforma em si e sua usabilidade. Primeiramente, ressaltaremos aqui como usar o Google Notícias como consumidor e também como produtor de conteúdo.

Antes de mais nada, é preciso responder uma das questões mais pesquisadas no Google sobre sua plataforma de notícias: para que serve o Google Notícias?

Segundo a definição da plataforma de buscas, Google Notícias nada mais é do que uma ferramenta para organizar, encontrar e entender notícias.

Ou seja, é uma ótima maneira de manter-se atualizado em meio a um “turbilhão ” de notícias como as que estão disponíveis na internet.

Mas já que estamos falando sobre sua usabilidade, o primeiro passo para ter uma experiência completa com o Google Notícias é fazendo login com uma conta Google.

Isso possibilita que todos os recursos dessa plataforma tenham uso pleno. No entanto, vale ressaltar que entre esses recursos há a possibilidade de compartilhar notícias. E tratando-se disso, não é possível compartilhar notícias pagas para pessoas que não têm assinatura nas respectivas plataformas.

Enfim, agora aqui estão algumas dicas de uso simples para aplicar nas notícias do Google: encontrar as notícias mais recentes demanda que o usuário clique na opção “Manchetes” no site ou no app.

Nós sabemos que nem todos os veículos de notícia conseguem manter a imparcialidade. Principalmente na internet. Por isso, caso queira ver notícias a partir de mais de uma perspectiva, nossa dica é que você clique em “Cobertura completa desta matéria“.

Assim, todos os veículos com perspectivas diferentes ficam à disposição dos leitores de noticiários.

Por fim, para encontrar assuntos de interesse, basta pesquisar e então segui-los clicando em “Seguir“.

Dicas de Ranqueamento

Bom, aqueles que estão começando um portal de notícias podem acabar tendo algumas dificuldades de ranqueamento.

Antes de mais nada, é preciso ressaltar que são diversos os aspectos que colaboram para conseguir ter um bom ranqueamento no Google.

Além disso, existem algumas condutas com as quais o detentor de um portal de notícias deve se alinhar para ter vantagem competitiva e ser mais buscado por leitores.

Primeiramente, uma dica que nós da Visão Confiável temos propriedade para dar é investir em SEO.

E já que tocamos no assunto, um dos serviços de nossa agência é esse. Contamos com uma equipe de consultores de SEO prontos para fornecer os fatores que melhor se adequam a qualquer portal de notícia que precisa ranquear melhor no Google.

Aliás, quando falamos em investir, queremos dizer que nem sempre um detentor de portal de notícias sabe quais são os fatores principais de SEO que podem contribuir com seu crescimento.

É claro: a partir de informações da internet em fóruns e blogs é possível obter informações que contribuam para a melhoria do SEO de um domínio que promove notícias.

Inclusive em nosso blog você pode conferir matérias sobre SEO para aprimorar seu know-how e aplicar técnicas básicas de Search Engine Optimization para ranquear melhor o domínio que quiser.

Mas deixar isso com quem realmente entende do assunto pode poupar tempo e trazer resultados expressivos.

Abaixo, confira algumas outras dicas gerais sobre SEO para ranquear melhor suas notícias no Google.

Search Optimization e Key word

Para especialistas em SEO esses são dois termos que repetem-se rotineiramente. No entanto, aqueles que não têm tanta afinidade com o assunto podem ficar um pouco perdidos ao ter contato com ambos.

Por isso, antes de trazer as dicas, queremos definir aqui do que se trata Search Optimization e Key Word.

Basicamente, ambos os termos interagem entre si. Enquanto Search Optimization pode ser simplesmente traduzido para português como” otimização de pesquisa”, Key Word trata-se de “palavra-chave”.

Em suma, nossa dica consiste na busca pela busca otimizada de palavras chaves capazes de ranquear melhor uma notícia no Google.

E para fazer isso é simples: basta usar as ferramentas gratuitas do Google, o Google Trends e o Google AdWords Planner.

A partir deles é possível encontrar as melhores palavras chave para ranquear. Vale ressaltar que é muito difícil estar bem ranqueado sem antes escolher uma boa palavra chave. Afinal de contas, o foco do texto gira em torno da mesma.

Enfim, caso uma palavra chave sem otimização seja constantemente repetida em um texto, é possível que isso prejudique muito o posicionamento de uma matéria ou mesmo de um portal de notícias.

Otimização do título e meta-descrição

Assim como o uso de palavras chave não dispensa a otimização, ter um título e meta descrição otimizados é de suma importância para ranquear bem.

Aliás, um aspecto importante que deve guiar todo o restante estrutural do SEO de um texto é a palavra chave. Por isso, essa deve ser aplicada tanto no início do título quanto da meta-descrição.

Mas falando sobre os detalhes de cada um desses aspectos: o título deve seguir a diretriz de tag title. Ou seja, é importante que tenha entre 50 e 68 palavras.

Dessa forma o algoritmo do Google consegue não só identificar o texto publicado com algo relevante a termos ligados à palavra chave como também o título torna-se visualmente mais fácil de ler para quem está navegando pelo Google.

Enfim, sobre a meta descrição: apesar de não ser tão importante para o ranqueamento em si, é de suma importância que contenha a palavra chave embutida.

Além disso, o tamanho ideal para a meta descrição é de mais de 150 caracteres. E, claro, essa deve definir bem o conteúdo da leitura da página em questão.

Link Bulding

Eis outro aspecto importante. Basicamente, consiste em conseguir acoplar links relevantes para conseguir ter mais relevância na rede e dessa forma conseguir ranquear melhor.

É possível fazer o uso de links internos e externos. Mas é preciso atentar-se ao baixo uso e ao uso excessivo. Nenhum dos extremos é interessante.

Por isso que contar com profissionais especialistas em SEO pode ser tão importante para quem empreende com um portal de notícias na WEB.

Apesar da brevidade de nossa abordagem sobre essa dica aqui, é importante ressaltar que esse é um dos grandes diferenciais entre um domínio bem ranqueado e um que não é.

Como fazer para aparecer nas notícias do Google?

Ter um portal de notícias talvez seja um dos sonhos daqueles que desejam trabalhar com a produção de textos jornalísticos de forma autônoma.

Não só isso, como também fazer desse um negócio lucrativo e capaz de distribuir notícias de relevância para o público alvo.

Mas torna-se impossível ter destaque nesse ramo de negócios sem que as notícias publicadas no portal estejam entre as notícias do Google.

Por isso, aqui separamos alguns critérios a serem adotados por produtores de textos jornalísticos/notícias para que tenham seus conteúdos aparecendo entre as notícias do Google.

A primeira delas é ter um controle do branding da marca do portal de notícias. Sim, ter uma marca com um bom design e notícias bem personalizadas no Google Notícias é um divisor de águas para quem quer aparecer nas notícias do Google.

Além disso, os produtores de conteúdo que tem esse objetivo em mente devem criar oportunidades de monetização. Ou seja, é de extrema importância visar a criação de paywalls no GNews usando o recurso Assine com o Google.

Por fim, nossa última dica aos produtores desse tipo de conteúdo é que prezem pela qualificação da veiculação. Para isso, basta configurar e enviar notícias na Central do Editor para o GNews.

Dessa forma, o conteúdo fica disponível para a distribuição em diferentes países e regiões em que o Google Notícias está disponível na Banco do Google.

E claro: prezar sempre pela produção de conteúdo original pode ajudar na monetização, assim como no aparecimento do conteúdo nas notícias do Google.

Estar alinhado às diretrizes da plataforma de busca é crucial para qualquer tipo de conteúdo produzido na internet que tem como finalidade a monetização e o ranqueamento.

Ir contra isso pode prejudicar muito os interesses de quem pretende atingir esses objetivos. Então “ande na linha” e não cometa plágio!

Como ativar as notícias do Google no celular

Nada melhor do que acordar cedo, tomar um café fresco e usar seu próprio smartphone para conferir quais são as notícias mais recentes sobre os assuntos que se gosta.

E quando se trata de ter notícias de qualidade na palma da mão, é difícil não falar sobre o aplicativo do Google Notícias.

Por isso, para conseguir ativar as notícias do Google no celular é preciso, antes de mais nada, ter o aplicativo baixado no celular.

Seja em aparelhos Android ou iOS, é possível adquirir o aplicativo nas principais lojas de aplicativo.

Uma vez que esses estão instalados, todo o processo de configuração inicial que demanda login com uma conta do Google e inclui personalização fica disponível.

Ao passo que na etapa de personalização nem todos se atentam a ativar as notificações de notícias no celular. E isso é um erro comum.

Então, para ativar as notícias no celular, basta ir até o aplicativo do Google Notícias. Clicar na própria foto do perfil. Em seguida, é preciso clicar em configurações.

Após fazer isso, basta ativar as notificações de notícias, e pronto. Agora é possível conferir as notícias de maior relevância ou preferência na palma da mão.

Esse recurso também pode ser notado ao abrir o aplicativo de busca do Google no celular. Ao rolar a tela para baixo é possível conferir um feed de notícias semelhante ao do Google Notícias.

Como receber notícias atualizadas no Google?

Para conseguir receber notícias atualizados no Google é preciso gerenciar as notificações do Google Notícias.

Primeiramente, é possível regular tanto a quantidade de notícias que se deseja receber quanto os tipos de notícias.

A partir do uso de seu aplicativo oficial de notícias é possível fazer a manutenção dessas notícias com facilidade.

Em sistemas Android o primeiro passo é abrir o aplicativo do Google Notícias (que possivelmente já vem integrado ao aparelho).

Em sequência, é necessário tocar no ícone da foto de perfil. Depois disso, a próxima etapa é selecionar a opção Configurações de notícias.

Após isso, basta clicar na opção Alertas e então selecionar Receber Notificações. A partir disso é possível controlar também a quantidade de notificações.

Enfim, o usuário do Google Notícias pode ainda selecionar o tipo de notícias que deseja obter. Isso irá condicionar quais atualizações de conteúdos esse obterá a partir da renovação de seu feed.

Por exemplo: se ao configurar o tipo de notícias que deseja ver em seu Google Notícias um usuário colocar que deseja ver predominantemente fatos que se ligam à esporte, logo esse será o tipo de notícia direcionado.

Mas, caso o usuário do Google deseje especificar mais ainda o termo “esportes”, é possível especificar com o tipo de esporte que deseja ter predominância nas notícias. Inserir termos como “futebol” ou “vôlei”, por exemplo.

Enfim, algo que pode contribuir para o fornecimento de notícias atualizadas pelo Google é a opção de recebimento de notícias por e-mail.

Para fazer isso, basta selecionar Resumo de notícias diário em Configurações. E pronto! A partir disso notícias atualizadas ficam disponíveis diariamente no e-mail vinculado à conta do Google Notícias.

Google Notícias te mostra se uma notícia é falsa ou não?

Depois de uma onda de notícias falsas que começaram a permear a internet com força, principalmente a partir de 2016, o Google teve que assumir um compromisso.

Compromisso esse que todos devem ter, por sinal: o de repudiar notícias falsas dos veículos de imprensa virtuais.

Hoje em dia é inegável que a democratização da criação de conteúdo fez com que muitas coisas positivas viessem a tona.

Seja pelo fato de tornar mais acessíveis informações e notícias ou por viabilizar a liberdade de expressão.

No entanto, com toda causa existe um efeito. E com essa acessibilidade que foi dada para novos produtores de conteúdos na internet não foi diferente.

Com isso, diversas fake news permeiam a internet e refletem de forma perigosa na sociedade. Ao passo que existem notícias falsas capazes de enganar o mais informado dos consumidores de notícias.

E foi visando isso que o Google assumiu o compromisso de passar a identificar se uma reportagem é confiável ou não.

Isso começou a ser implementado no ano de 2016 e desde então vem promovendo esforços muito pertinentes para evitar a divulgação de notícias falsas.

No entanto, devido ao grande número de disseminadores de notícias falsas na internet, esse recurso acaba sendo insuficiente para lidar com a quantidade de fake news.

Enfim, uma tragédia para a democratização do conhecimento na era informacional. A internet, que surgiu em um contexto de necessidade de vetorização da informação, acaba sendo um veículo de desinformação.

E os resultados para isso são os piores: desde mortes e espancamentos de indivíduos inocentes à difamação injusta de figuras públicas.

Google “Conheça os fatos”

Continuando o tópico abordado anteriormente, é possível dizer que o Google não mostra se uma notícia é falsa ou não.

No entanto, a partir de seu selo “conheça os fatos” é possível saber se a fonte de uma notícia é confiável ou não. E isso já é um grande passo para evitar a disseminação de fake news na internet.

Basicamente, esse selo é colocado ao lado do título de manchetes as quais já passaram por um processo de análise do Google.

Além disso, é possível notar esse selo em outros formatos informativos, tais como resenhas, sátiras e quaisquer outros conteúdos com teor jornalístico.

Mas, infelizmente, esse recurso ainda não é tão explorado no Brasil quanto em versões do Google Notícias mundo à fora.

De qualquer forma, para compensar a falta de um selo de veracidade como esse do Google no Brasil, especialistas da USP criaram um mecanismo capaz de identificar notícias falsas.

A ferramenta chama-se fakenewsbr.com e conta com um software que pode ajudar bastante a evitar a disseminação de notícias falsas pelo país.

Além disso, o G1 e alguns outros portais de notícias se uniram pelo combate às fake news. A própria Globo possui em seu portal virtual o Fato ou Fake que disseca o tema das notícias falsas com maestria.

Enfim, são diversos os recursos que podem contribuir pela luta contra a desinformação. E esse é um dever de todos enquanto defensores da liberdade de expressão.

Afinal, propagar mentiras, independente do cunho que tenham, é algo inconstitucional e totalmente imoral.

Conclusão

A partir deste artigo foi possível abordar diferentes tópicos de relevância sobre a ferramenta oficial de notícias do Google, o Google Notícias.

Além disso, aqui trouxemos aspectos importantes tanto para consumidores de conteúdos quanto produtores de conteúdo.

Apesar do tema de fake news já estar um tanto quanto saturado, principalmente após o período de pandemia, esse é um mal que sempre existiu.

Por isso reservamos uma parte relevante no texto para abordar o assunto. Ainda que não seja o foco, o Google Notícias no Brasil ainda não possui mecanismos tão inteligentes para o veto de notícias falsas quanto em suas versões dos EUA.

Em contrapartida, essa é uma das melhores ferramentas para aqueles que desejam transformar um portal de notícias em algo lucrativo.

Aliás, seguindo as dicas de como aumentar o ranqueamento que trouxemos aqui, é possível que aqueles que a executarem consigam ter bons resultados.

Mas assim como propomos, ter um especialista na área de SEO é algo que pode agregar muito para o ranqueamento de um portal de notícias.

Não só isso, mas contar com redatores que trabalham especialmente com a produção de notícias é um diferencial e tanto.

Por isso acreditamos que a nossa equipe tem muito a agregar para qualquer um que quer tirar o projeto de ter um portal de notícias do papel.

Aqui contamos com profissionais capacitados de diferentes áreas que se alinham com a filosofia de nossa empresa: proporcionar a melhor experiência para nossos clientes.

Caso tenha interesse em fazer um orçamento para os serviços que apresentamos, entre em contato conosco pelo WhatsApp.

Deixe seu comentário