Resposta: HTML é uma estrutura de dados que, se organizada de forma adequada, possibilita o profissional a criar um site. Sendo assim, o recurso que significa Hyper Text Markup Language é o ponto chave onde se concentram os todos os processos de construção de websites.

Tim Berners-Lee foi quem criou a primeira versão do recurso, no ano de 1991, tendo por fundamento, o sistema Hyper Text da web. Logo, HTML é fruto dos estudos do físico britânico, cientista da computação e além do mais, professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Foram esses estudos que possibilitaram ao mundo mergulhar em uma nova era digital cada vez mais embebida em tecnologias. Sendo assim, é por causa do HTML que hoje os sites na internet funcionam da maneira como conhecemos, como o Instagram web.

O HTML, por ser um conjunto complexo de códigos, necessita de constantes aperfeiçoamentos a fim de fomentar a eficácia do sistema. Nesse sentido, há um consórcio denominado W3C (World Wide Web), que é o responsável pelas atualizações na base de dados e nas estruturas da aplicação.

A última atualização “html online” realizada foi no ano de 2014, por esse mesmo consórcio (World Wide Web). Sendo assim, ao ao se aprofundar em “html editor”, “html códigos”, “html site”, “html tags” e sobretudo “html estrutura”, é preciso ter em mente que as atualizações acontecem, mesmo que de forma não tão constante.

Reside nesse ponto a ideia principal de que estudar html é estar em constante busca por inovações e ter consciência que existem sempre projeções de futuro. Logo, compreender html é o primeiro passo para se compreender também o universo online e os seus desdobramentos. 

Fonte: Canva

Neste artigo você vai ver:

  • html download
  • html documentation
  • Qual é a função do HTML?
  • O que é HTML básico?
  • Editor de HTML
  • Como aprender a programar HTML?
  • O que é o formato HTML?

Qual é a função do HTML?

A função do html é fornecer as informações para que o navegador possa interpretá-las e assim, mostrar ao espectador aquilo que queremos que ele veja. Além do mais, tem a função de fornecer os links e demais elementos presentes em uma página para que o navegador realize os procedimentos necessários.

Nos dias atuais, a função do html se tornou um pouco diferente do que era anteriormente, de modo que é preciso compreender quais foram essas mudanças. Entretanto, não significa que o conjunto de códigos tenha se tornado obsoleto ou menos importante, não é isso.

O fato é que, se formos denominar de forma mais simplória, podemos dizer que de uns anos para cá ele se tornou livre de algumas sobrecargas. Sendo assim, características visuais e comportamentais agora são elaboradas e aprimoradas através dos recursos CSS e JavaScript.

O que é CSS?

Em um website, quando alguém que alterar as cores, o background, preenchimentos e grande parte dos detalhes estéticos, usa-se o CSS. Logo, esse grande recurso aliado do html, fornece subsídios para que essas melhorias sejam executadas no website de modo a melhorar a experiência do usuário.

Cascading Style Sheets é o significado da sigla CSS, essa estrutura que enriquece e formata o html. Logo, a grosso modo ele é responsável pelas melhorias e pelo fomento de novas possibilidades no website.

Uma parte essencial do CSS é que ele contribui na separação das informações que devem ser mostradas ao público e as que não devem. Dessa maneira, esses detalhes também são comumente chamados de estilo.

Manter o estilo separado do conteúdo, é uma maneira eficaz de evitar duplicação. Além do mais, torna a manutenção mais simplificada e possibilita o uso do conteúdo para diversos estilos, com focos diferentes de obtenção de resultados.

O que é JavaScript? 

JavaScript é o método (linguagem de programação) utilizado para criação de elementos mais complexos dentro de um website. Sendo assim, toda vez que aparecem efeitos 3D, páginas em movimento e outros elementos desse nível de complexidade, com certeza eles foram elaborados a partir de JavaScript.

O JavaScript faz parte das três estruturas básicas, os três pilares responsáveis pela criação de um site moderno e atualizado. Logo, os outros dois são o CSS e o HTML, como citamos anteriormente o que são e como funcionam.  

O que é HTML básico?

HTML básico é a introdução ao aprendizado de html, no seu sentido mais amplo da palavra, desde o que significa a sigla, até o início das atividades. Sendo assim, para que qualquer pessoa possa ingressar nos estudos sobre html, são necessários esses passos que são os primeiros dentre muitos que virão no decorrer do aprendizado em html.

O que é muito comum, quando alguém começa a estudar html, é confundir a dinâmica desse processo como sendo programação. Logo, html não é programação, diferentemente do que muita gente acha.

Basicamente, o html é uma linguagem de marcação, utilizada para determinar funções específicas e delimitar essas funções através de códigos. Sendo assim, o objetivo final é definir os arranjos de um determinado conteúdo.

Um dos recursos necessários para colocar em prática a linguagem de marcação, se chama tag. Nesse sentido, a função das tags é melhorar a experiência do usuário, possibilitando determinadas mudanças essenciais no processo de desenvolvimento de um website.

Tags

As estruturas dos websites englobam em suas estruturas o hipertexto e as marcações com objetivo de um funcionamento eficaz. Nesse sentido, o html depende dessas marcações para delimitar algumas funções específicas.

Essas marcações são chamadas de tags e tem essa função mesmo de marcação, de delimitação das informações. Logo, quando um conteúdo é marcado usando as tags, essas marcações ficam visíveis para o texto, mas não para o espectador que está vendo o site.

Podemos fazer uma comparação com a vitrine de uma loja, em que uma pessoa está parada em frente dela. Nesse sentido, atrás daquela vitrine existe toda uma estrutura capaz de produzir alterar e dar manutenção àquela determinada vitrine.

Entretanto, aos olhos do espectador apenas se vê aquilo que a loja quer que seja visto pelas pessoas e não a estrutura por trás da vitrine. Nesse sentido, o funcionamento de um website é muito similar a esse exemplo citado.

Em geral, as tags são estruturas de linguagem de marcação e pelo fato de englobar um sistema unificado, é muito comum que elas já tenham as instruções pré-determinadas. Logo, a função de um navegador é decodificar as informações contidas nestas instruções e com isso se tornam capazes de realizar a renderização da página.

Exemplo de tag

 <p>   </p>

O exemplo acima mostra quando um código é inserido utilizando-se colchetes angulares e na sequência, a mesma estrutura, porém com código diferente, fecha usando “/”. Desta maneira, o navegador então compreende o fim de determinado parágrafo de códigos, determinando também o fim do conteúdo inserido naquela estrutura pré-determinada.

A grande importância de se taguear corretamente os conteúdos dos sites, está diretamente ligado ao Search Engine Optimization – SEO. Logo, as tags são fundamentais, pois são elas que determinam a organização correta dos conteúdos em um site, de modo que, é por esse motivo que elas são tão essenciais.

O que é SEO? – HTML

Search Engine Optimization é o significado da sigla, mas isso ainda não diz muita coisa para um leigo. Sendo assim, pense que para se buscar a resposta para qualquer pergunta nos dias atuais, a gente procura quem? O Oráculo? Não, né. A gente procura no Google.

Desta maneira, com quadrilhões de resultados diferentes e centenas de milhares de pessoas e empresas querendo aparecer primeiro, qual seria o parâmetro usado pelo Google para otimizar os resultados de busca?

Bom é isso que o SEO estuda, de modo que essa área do conhecimento tecnológico está sempre ligado nas projeções e mudanças no algoritmo do Google, bem com seu comportamento atual. Nesse sentido, pensar o SEO é pensar em otimizar resultados e é muito mais do que aparecer primeiro, é aparecer para as pessoas certas.

O marketing 4.0 tem acompanhado essas mudanças e incorporado essas dinâmicas como parte de suas atuações. Logo, SEO é um conjunto de estratégias que possibilitam a coleta assertiva desses resultados.

Com pesquisa, informação e muito trabalho é possível adquirir os pré-requisitos necessários para que o algoritmo do Google seja explorado da maneira mais eficaz possível.  

Fonte: Canva

Porque eu preciso aprender a programar HTML?

Sem dúvida alguma, se tem um mercado hoje que podemos chamar de promissor, esse mercado é o da tecnologia. Sendo assim, você tem os avanços tecnológicos do cloud computing, as novas versões de html surgindo a cada momento, a evolução dos bancos de dados e a Inteligência Artificial dando as caras em nossa sociedade como jamais vimos antigamente.

Cenas de filmes antigos estão tão reais nos nossos dias atuais que não nos damos conta do volume de crescimento que está acontecendo dia após dia. Logo, pensar essas coisas e analisar de maneira inteligente, só pode levar a uma reflexão: a tecnologia da informação é o caminho.

Bom, mas as automações derivadas da Inteligência Artificial tendem a tomar o lugar dos programadores, afinal é o que muita gente pensa. Nesse sentido, analisando um futuro muito distante, podemos até concordar com essa fala.

Entretanto, no que se trata dos próximos 50 anos, no mínimo, a presença e importância dos programadores em todas as áreas da tecnologia continuará fundamental. Logo, tanto no suporte, gerenciamento, ou mesmo desenvolvimento e aperfeiçoamento dessas tecnologias, os programadores serão peça chave para tudo que nós conhecemos como sendo nosso mundo [e quem sabe… universo].

E falando desta maneira, muita gente é capaz de achar um exagero enorme, esse tipo de comentário sobre o amanhã. Bom… em quatro anos, 2026, a Embraer deve entregar 100 unidades do eVTOL, o carro voador que será usado como táxi aéreo na Europa.

Basicamente a estimativa é de que no máximo até 2035 esses veículos de propulsão vertical, atuem como um serviço de Uber, tal como conhecemos hoje. Logo, as demandas tecnológicas tendem a aumentar com o avanço das tecnologias e cada vez mais pessoas especializadas vão sendo chamadas para atuar nos novos setores em aberto. 

Como aprender a programar HTML?

Primeiramente, a pessoa que está procurando aprender a programar em html, tem que saber que html consiste em uma linguagem de marcação. Nesse sentido, ela deve se perguntar qual seria o objetivo principal da sua busca e qual seria o emprego dos conhecimentos adquiridos, ou seja, onde ela vai colocar em prática o que aprendeu?

Bom, se a pessoa que está procurando aprender html é uma designer ou um designer, basicamente seria interessante aprender melhor a codificação em html. Entretanto, se a pessoa busca conhecimento a fim de desenvolver aplicações, estruturas em 3D e outros recursos nesse sentido, então o JavaScript é que a pessoa precisará focar.

É claro que quem começa a estudar quer conhecer tudo para dominar 100% todas as áreas, mas a gente sabe que não é tão simples assim. Portanto, um passo a passo consistente, orientado por um mentor especialista em cada área pretendida e colocando em prática cotidianamente os conhecimentos adquiridos, são os pilares para que qualquer pessoa consiga realizar o que deseja em html.

Fonte: Canva

O mercado de trabalho pede pessoas engajadas – html

Para estudar html é preciso estar em constante movimento e desde o início procurar logo um engajamento com pessoas da área, para começar a trabalhar. Sendo assim, mesmo com pouco ou nenhum conhecimento, é importante estar ao lado de algum profissional que esteja desenvolvendo algum projeto e sempre solicitar para praticar alguma parte mais simples do trabalho.

Antes mesmo de iniciar como freelancer, se oferecer para estar dentro de um projeto a fim de aprender, é a melhor coisa que uma pessoa pode fazer. Nesse sentido, não há escola melhor do que a prática e muitas pessoas erram muito ao focar demais na teoria e deixar a prática de lado.

No mercado de trabalho as coisas funcionam diferente do mundo dos estudos, pois é outro universo completamente ímpar. Sendo assim, existe a questão dos prazos, do volume das demandas, das exigências dos clientes, dos entraves causados por defeitos nas ferramentas e uma série de outros elementos que só existem na hora do “vamos ver”.

Assim, em complemento aos estudos teóricos, e esses são verdadeiramente muito importantes, colocar em prática pode definir entre o sucesso e o fracasso. Logo, sempre que surgirem oportunidades, é importante que a pessoa crie essas oportunidades, quem quer aprender html deve cair de cabeça e aproveitar tudo o que for possível.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para desenvolvedores na área de html é muito amplo e pode ser considerado em paralelo com outras áreas como Java e C++. Nesse sentido, cada vez mais, com os avanços tecnológicos e a passagem, a migração de muitas empresas para o cenário virtual, uma das profissões mais cobiçadas nos dias de hoje é a programação.

Pelo fato de os profissionais da Tecnologia da Informação estarem cada vez mais disputados pelas empresas, consequentemente os salários também aumentam. Sendo assim, investir nos estudos de programação é verdadeiramente uma saída fantástica para quem ainda está na dúvida sobre o que fazer da vida.

Bom, podemos perceber que nos dias atuais, ninguém nem anda de ônibus sem precisar de tecnologia. Desta maneira, é notável que a TI tenha tido tanto destaque no mercado de trabalho nessas últimas décadas.

Parece até que há uma conexão entre os muitos prêmios de Tim Berners-Lee após o ano 2000 e os avanços do mundo. Sendo assim, trata-se realmente de um campo promissor, mesmo que ainda muitos avanços já tenham se consolidado.

A tecnologia da informação surpreende a cada ano que passa e parece que a cada grande descoberta, outra vem logo na sequência e isso não para de acontecer. Desta maneira foi os avanços tecnológicos que aconteceram no estudo dos Bancos de Dados e agora com o ambiente em nuvem.

O banco de dados relacional, que antes superou tudo que havia anteriormente, hoje vê o banco de dados autônomo atraindo os olhares do futuro. Logo, da mesma forma os “antigos” data centers que hoje observam os ambientes em nuvem tomar conta das startups e da maioria das novas empresas.

Estude html agora

O que se pode esperar do mercado de trabalho em Tecnologia da Informação? A resposta só pode ser progresso. Entretanto, tudo deve ter um começo e não é lá na frente que um programador vai começar e sim de agora!

Mas, começar é sempre a parte mais difícil e é por isso mesmo que o mercado de trabalho, quando se trata de TI, continua borbulhando.

Isso acontece por conta de que há uma extensa gama de profissionais que apesar de possuírem o título, ainda assim não executam as tarefas com a perspicácia desejável a um programador de verdade. Nesse sentido, é muito comum o profissional não ter as qualificações aprimoradas, ou talvez a prática que as empresas procuram para exercer as funções na execução dos seus projetos.

Estudar html pode dar uma base para que um profissional ou uma profissional se destaque no mercado de trabalho, mas estudar apenas html, talvez não seja uma boa ideia. Sendo assim, isso acontece porque existem estruturas interligadas muito potentes que são fomento para um aperfeiçoamento do contexto geral.

Um cliente sempre quer ter a noção de um todo e o profissional precisa ter essa capacidade de explicar de maneira ampla os processos gerais envolvidos no desenvolvimento dos projetos. Desta maneira, é fácil perceber isso com um exemplo clássico, muito usado na venda de fachadas de loja.

Um vendedor de painéis para fachadas de lojas tem muito mais chances de fechar negócio, se ele souber tirar uma foto, usar um Photoshop na fachada da loja do cliente e apresentar uma ideia de antes e depois. Logo, funciona da mesma maneira quando se trata de TI, afinal, o cliente é o mesmo.

O que é o formato HTML?

Como já foi dito anteriormente o html é uma estrutura de dados que, se organizada de forma adequada, possibilita o profissional a criar um website. Sendo assim, podemos dizer que o html configura-se no bloco mais básico de construção de sites da internet.

Foi dito, inclusive, que o recurso html, que significa Hyper Text Markup Language, é o ponto chave onde se concentram os todos os processos de construção de websites, estando eles sempre em seu entorno. Logo, compreender isso é o primeiro passo para dar início aos estudos em html. 

Editores de HTML

Bom, quando alguém começa a trabalhar com html de forma efetiva, é fundamental que se tenha um editor de html eficaz. Sendo assim, criar plugins personalizados, temas diferentes daqueles prontos encontrados no ambiente comercial, será muito mais prático ao instalar um editor de html gratuito.

A instalação de um editor de código html possibilita a interação com funcionalidades extras e uma eficiência muito maior. Logo, entender o que é um editor de html, bem como suas funcionalidades é muito importante para quem está começando a entrar nesse universo de codificação.

HTML editor: o que é?

Um dos motivos pelo qual o html figura no ranking número para quem está começando a aprender esse tipo de linguagem, é por sua facilidade. Logo, é possível escrever um código no próprio Bloco de Notas do PC e soltá-lo no navegador para saber como que fica, de tão simples que é de se manusear.

Obviamente que quanto mais detalhes tem a estrutura de um site, mais complexo o esquema vai ficando e com isso requer mais aprendizado também. Nesse sentido, é por isso que um editor de html é fundamental para dar suporte na construção e análise daquilo que está sendo construído.

Os editores são para a linguagem html, assim como o Word é para a língua portuguesa. Desta maneira, você encontra recursos a fim de facilitar a vida do usuário e que promove muito mais eficácia na produção do conteúdo para website.

Fonte: Canva

HTML avançado

Falar de html avançado é falar de tabelas e pode-se dizer tranquilamente que elas foram um recurso fantástico que surgiu no dia a dia dos programadores web. Sendo assim, a partir dessas ferramentas eficazes, organizar os textos de um blog a partir de um sumário anterior ao passo a passo de um tutorial, por exemplo.

A vida mudou com o surgimento, ou avanço dessa tecnologia, essa pequena grande mudança na vida dos desenvolvedores de websites. Logo, as chamadas grades, permitem a organização dos textos e imagens particulares a cada lugar da página, tornando tudo muito mais organizado e esteticamente muito mais atraente e fácil de manipular.

Essas tabelas podem conter uma infinidade de elementos, como linhas, textos, imagens e inclusive outras tabelas ou parágrafos. Sendo assim, apesar de que conhecer o básico de html é uma forma de começar, sabemos que existem novas versões de html, como foi o caso da última atualização em 2014.

Bem, não consiste em um trabalho fácil, manipular essas tabelas. Logo, é bom que se compreenda que são necessárias longas horas, dias, semanas para se editar um código verdadeiramente complexo em uma tabela. Tem que ter muita paciência.

O que são Frames?

De maneira bem simplificada, os frames são lacunas presentes na tela do navegador e separadas em diversos quadros. Logo, é por isso que quando um visitante entra em um determinado website ele percebe que existem mais painéis (páginas) a serem exploradas.

Basicamente é uma maneira de trabalhar um grande volume de informações, sem que seja necessário passar por todas elas para chegar onde se deseja. Nesse sentido, existe uma sintonia muito grande com o banco de dados relacional e quem conhece como funciona a estrutura em tabela vai conseguir vislumbrar de forma factual.

Tim Berners-Lee – HTML 

cointime.com.br

Quando alguém perguntar “<mas quem foi que inventou o html?>”, responda “<Tim Berners-Lee>”. Logo, o fundador da World Wide Web, que é a empresa [consórcio] responsável pelas atualizações no que se refere à html no mundo.

Tim Berners-Lee é britânico e nasceu em 8 de junho de 1955, dez anos após a Segunda Guerra Mundial. Logo, apesar de ter nascido em Londres, o criador do html mora atualmente em Boston nos Estados Unidos.

O especialista Tim Berners-Lee é físico, cientista da computação e além do mais, professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, o famoso MIT. Sendo assim, com uma série de prêmios no âmbito das ciências tecnológicas.

Em 1996, o físico conquistou o prêmio W. Wallace McDowell, a Medalha Mountbatten e na sequência, no ano 2000, conquistou o EFF Pioneer Award e a Medalha Real. Sendo assim, nessa trilha promissora de conquistas frutuosas, foi o ganhador da Medalha Sir Frank Whittle e do Prêmio Japão em 2002.

Basicamente, parece que a chegada do novo milênio fez bem para a carreira do pesquisador. Logo, a partir de 2004 o pesquisador foi ganhador de mais sete premiações, dentre elas o Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth, em 2013.

Resumo html

Vimos no texto que html é uma estrutura de dados que, se for organizada de maneira adequada, possibilita o profissional a criar um website. Sendo assim, nós vimos também que o recurso que significa Hyper Text Markup Language é o ponto principal onde se concentram os todos os processos de construção de websites, estando eles sempre em seu entorno.

Foi enfatizado no texto a importância da figura de Tim Berners-Lee, que foi quem criou a primeira versão do html, no ano de 1991, tendo por fundamento, o sistema Hypertext da web. Logo, constatamos que o html é fruto dos estudos do físico britânico, cientista da computação e além do mais, professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, como mostra o tópico mais aprofundado de sua biografia e conjunto de premiações.

Além do mais, constatamos que a função do html é fornecer as informações para que o navegador possa interpretá-las; fornecer os links e outros elementos. Sendo assim, vimos que nos dias atuais, a função do html se tornou um pouco diferente do que era anteriormente, mesmo porque outras aplicações tornaram-se parte do processo de construção da estrutura geral de um website.

Aprendemos que quando alguém precisa alterar cores, background, preenchimentos e detalhes estéticos, usa-se o CSS. Logo, Cascading Style Sheets é o significado da sigla CSS, e é essa estrutura que enriquece e formata o html.

Além do mais, foi dito que o JavaScript é a linguagem de programação utilizada para criação de elementos mais complexos dentro de um website, com os efeitos 3D, páginas em movimento e outros elementos desse nível de complexidade. Sendo assim, ambos os recursos citados: html, Java e CSS formam uma estrutura completa para criação e desenvolvimento de websites. Além do mais, abordamos o mercado de trabalho e a necessidade de aprofundamento nos temas.

Conclusão

Para se tornar um bom desenvolvedor de websites, o recurso de programação html é fundamental. Logo, sem ele é verdadeiramente impossível começar qualquer trabalho no que se refere ao desenvolvimento de um site completo.

Mas estudar html é muito simples, de modo que com apenas o bloco de notas do computador, uma pessoa consegue facilmente estudar e colocar em prática os aprendizados adquiridos. Entretanto, à medida que os temas vão se aprofundando, novas possibilidades vão aparecendo, juntamente com a necessidade de ferramentas extras como um editor de html para facilitar a execução da demanda.

Além disso, surgem também novas necessidades estéticas e de funcionalidades extras que um site comum precisa fornecer aos seus usuários. Nesse sentido, para fomentar uma, cada vez melhor, experiência para o visitante, os sites pedem recursos que não se podem alcançar apenas usando html.

Por isso é importante estudar o conjunto todo, que envolve CSS, Java e html. Sendo assim, pois os três são os pilares fundamentais para se construir um website nível hard de experiência para o seu visitante, ou o visitante do seu cliente.

Então, estudar programação, de um modo geral, é uma excelente pedida para os dias atuais. Nesse sentido, as demandas estão cada vez mais altas, o mercado de trabalho cada vez mais promissor e cada vez mais as empresas precisam de profissionais qualificados a níveis espetaculares de aprendizado.

Por esse mesmo motivo foi que entendemos ser necessário falar sobre html nível avançado e citar o exemplo mor daquilo que compreendemos ser uma figura espetacular: Tim Berners-Lee, o físico criador do html.

Resultado de nossa experiência é mesmo a conclusão de que vale a pena estudar html; é fácil estudar html; existem aulas grátis na internet sobre html; o mercado está contratando muito os profissionais que conhecem sobre html. Vale a pena!

Deixe seu comentário