Muitos usuários podem encontrar alguns problemas ao tentarem acessar algum site,e um deles é a mensagem “sua conexão não é particular”.

Apesar de ser algo recorrente, essa mensagem acaba fazendo com que algumas pessoas desistam de navegar na web por não saber como resolver o erro.

Mas, apesar de ser considerado como um erro, essa é uma medida protetiva do próprio servidor do site que está no navegador.

Essa medida de segurança ocorre porque não há um reconhecimento do certificado de segurança.

Outra possível causa para isso é a necessidade de um login na rede para que haja a continuidade no acesso.

Mas, não é preciso ter nenhum desespero caso essa mensagem apareça no navegador enquanto se usa a internet.

Caso se tenha um site e caso esse erro apareça com certa recorrência, é preciso prestar atenção.

Afinal, a fluidez com que se consegue acessar um site também define seu sucesso entre os usuários.

No fim das contas, muitas pessoas podem acabar desistindo de usar um site que apresenta esse erro com certa frequência.

De qualquer forma, existem algumas soluções para esse tipo de situação desagradável que impede a navegação.

Qualquer usuário da internet pode fazer por serem muito simples, já que não é preciso ter conhecimentos técnicos a fundo.

Por isso, aqui no blog da Visão Confiável nós iremos ensinar quais são as possíveis soluções para esse problema.

De forma simples, rápida e prática essa medida de segurança pode ser revertida e o acesso ao site desejado fica disponível.

Por isso, para que aprendam, aqui abaixo está um tutorial de como resolver o erro “Sua conexão não é particular”.

Sua conexão não é particular: o que significa

Bom, antes de mais nada, essa mensagem que aparece no navegador não pode ser considerada um erro.

Na verdade, ela é uma medida de segurança que o servidor toma para proteger o acesso a um site quando não há https.

Apesar de ser um impeditivo para que muitos acessem um site em questão, essa é uma das formas de garantir que um domínio permaneça seguro.

De qualquer forma, o SSL, que é a sigla para o certificado de segurança, é uma garantia de que endereços que podem trazer problemas, ou sites maliciosos, não sejam acessados.

Muitos sites possuem alguns fatores de segurança, como um login e um código de acesso, sendo que a finalidade é a mesma.

Então, a mensagem do problema em questão surge quando se faz o uso de um site por meio de conexão pública.

Essas geralmente são constatadas com conexões inseguras,e é isso que pode levar ao bloqueio do acesso.

A insegurança descrita a elas se dá pelo fato de que esse tipo de conexão não é criptografada.

Ou seja, todo tipo de acesso nela passa por apenas um protocolo, o que torna as informações trocadas mais vulneráveis.

Além disso, alguns dispositivos podem ser incompatíveis com o tipo de acesso permitido pelos servidores.

No fim das contas, são esses os impeditivos que acontecem e que levam a mensagem “sua conexão não é particular” a aparecer.

Mas, além disso, existem diversas outras possibilidades de motivos que levam a essa mensagem aparecer.

Por isso, mais abaixo estarão algumas das possíveis soluções relacionadas a essas motivações para que o SSL ative medidas protetivas.

Sua conexão não é particular: como resolver o erro

Então, agora que já se sabe um pouco mais do que leva a essa mensagem aparecer enquanto se navega na Web, é possível explicar as soluções.

Bom, antes de mais nada, é preciso frisar que existem algumas variações da mensagem de erro.

De qualquer forma, essas mensagens só variam de acordo com o navegador que está sendo utilizado.

Por exemplo: a mensagem que aparece no Internet Explorer é diferente da mensagem que aparece no Google Chrome.

As variações de mensagens são as seguintes:

  • Sua conexão a este site não é particular
  • NET::ERR_CERT_AUTHORITY_INVALID;
  • NET::ERR_CERT_WEAK_SIGNATURE_ALGORITHM;
  • ERR_CERT_COMMON_NAME_INVALID;
  • ERR_CERTIFICATE_TRANSPARENCY_REQUIRED;
  • Erro de certificado SSL.

Vale lembrar que apesar da variação de nomenclatura existir entre as mensagens, as soluções são as mesmas.

Enfim, mais abaixo estão algumas das soluções que podem levar a resolução do erro por trás dessa mensagem.

Antes de mais nada, é preciso dizer que talvez seja preciso fazer atualizações no sistema operacional.

Apesar de ser uma medida que pode demorar um pouco, pode ser necessária para trazer a resolução do problema.

Por isso, para aqueles que precisam resolver esse erro de forma rápida, recomenda-se que se tenha outro dispositivo de acesso em mãos.

Mas, caso o problema possa ser resolvido com alguma das outras alternativas, isso pode ser feito de forma rápida e o acesso ao site fica disponível rapidamente.

Recarregar a página

Essa é a solução mais simples para esse problema e, possivelmente, é a que mais pessoas fazem sem saber que isso é uma recomendação para resolver esse erro.

Bom, para recarregar a página, tudo que é preciso é que se clique em F5 quando esse erro aparecer na tela.

Caso clicar em F5 solucione o problema, possivelmente o acesso a página fica disponível logo após recarregar a página.

Mas, caso contrário, a mensagem retorna a aparecer mesmo após o recarregamento da página.

Em linhas gerais, essa solução pode “passar batida” por alguns usuários que acabam indo para as outras formas de solução sem antes tentar essa.

Talvez, por ser tão trivial e simples, é algo que alguns usuários podem descartar como solução.

Mas, é tão efetiva quanto qualquer outra das soluções, caso o erro esteja relacionado a esse fator.

Enfim, caso após a atualização da página o funcionamento não volte à normalidade, é preciso tentar as soluções abaixo.

Solicitar login

A segunda possível solução para esse problema é solicitar o login na página em que o acesso está restrito pela conexão não ser particular.

Isso se deve ao fato de que o erro, muitas vezes, pode estar relacionado a solicitação de login na rede em que se tenta acessar.

Muitas pessoas, ao tentarem acessar um ponto de internet público, como em mercados, shoppings ou qualquer outro local de rede de wifi de uso aberto, podem encontrar esse erro.

Para que fique mais claro para aqueles que são mais leigos no assunto, aqui está uma explicação rápida de como fazer esse procedimento.

Um wi-fi rápido e seguro é o ideal para que o acesso aconteça sem maiores preocupações por parte do usuário.

Caso contrário, é possível que esse tipo de mensagem apareça e impeça os internautas de acessá-la.

Por isso, a primeira coisa a se fazer antes de tentar acessar uma página por meio da conexão de uma rede pública é conferir se essa é segura.

Mas, caso seja a única opção de rede, basta solicitar o login para tentar dar continuidade ao acesso.

E para isso, é preciso acessar algum site que não contenha o “s” na frente http, o que seria um indicativo de página com mais de um protocolo de segurança.

Em seguida, uma página se abrirá solicitando o preenchimento de alguns dados para que o login seja feito.

Caso isso não solucione o problema em questão, é preciso passar para a próxima solução mais abaixo.

Fazer uma limpeza

Outra possível solução para esse problema é fazer a limpeza do histórico ou arquivos de https, como os cookies, ou o cache.

Enfim, o que pode levar ao aparecimento dessa mensagem é o fato de que esses podem estar cheios.

Isso pode fazer com que o servidor interprete alguma instabilidade e acabe bloqueando o acesso ao site.

Caso seja esse o problema, basta fazer uma limpeza. Para isso, basta acessar a aba de histórico no navegador.

Ao entrar nessa seção das configurações do navegador, é preciso ativar a limpeza geral.

Isso pode ser feito optando por apagar todos os dados em cache, incluindo os cookies.

Para isso, basta clicar em “todo o período” quando for selecionar o período em que se deseja apagar o histórico.

Enfim, essa está na lista das soluções simples para o possível problema que leva ao erro que causa a mensagem em questão.

Mas se mesmo após apagar o histórico esse erro continuar a aparecer, é possível que seja necessário tentar outras medidas.

A próxima possível solução deve ser feita nos últimos casos, apesar de ser a seguinte.

Por isso, caso os leitores tenham o desejo de resolver de outras maneiras que não seja a atualização do sistema operacional, basta pular o tutorial da atualização do sistema operacional.

Mas, caso nenhuma das soluções funcione, é preciso retornar até a opção de atualizar o S.O.

Enfim, esse erro é simples de resolver. Mas para que o leitor consiga, é preciso paciência para ler todas as possíveis soluções.

Atualizar S.O.

Bom, assim como já foi dito anteriormente aqui, a atualização do sistema operacional deve ser uma das últimas alternativas.

Geralmente ela é adotada como última alternativa antes de contratar um especialista técnico para resolver o problema em questão.

Bom, caso se tenha um site ou blog, é importante entender que a navegabilidade de um site é crucial para que as pessoas tenham interesse em continuar acessando.

Muitas pessoas desistem de acessar um site justamente pelo fato de que esse apresenta muitos erros para acesso.

Enfim, ao atualizar o sistema operacional, é possível que essa mensagem deixe de aparecer ao tentar acessar um site ou blog.

Mas, caso isso não solucione o problema em questão, o ideal é encontrar um técnico para fazer a manutenção.

Dessa forma é possível ter um diagnóstico mais preciso da causa que está levando o servidor de um site a direcionar essa mensagem ao usuário.

Desativar antivirus

Antes de mais nada, vale lembrar que é muito importante que sempre se use o antivírus.

Atualmente, existem diversas variações de vírus presentes na internet. Para que os leitores tenham uma noção precisa, são 14 tipos ao todo.

E na luta contra os vírus de computador, é muito importante que se use antivírus de qualidade.

O ideal é que esse nunca seja desativado para questões de segurança.

É muito comum que pessoas que não usam antivírus tenham seus dados roubados, informações bancárias e até mesmo documentos pessoais.

Então, é aí que se encontra a importância de usar o antivírus na hora de navegar na web.

Entretanto, o uso de antivírus pode fazer com que o servidor leve ao aparecimento desse tipo de mensagem no navegador.

Isso porque ele é uma espécie de protetor contra vulnerabilidades que podem vir com o acesso.

E para que esse problema seja resolvido, o ideal é que se desative o antivírus de forma temporária.

Caso o erro seja solucionado por meio da desativação do antivírus, é possível que o antivírus tenha mecanismos de protocolo de segurança.

Apesar de ser um sinal de que se está protegido para navegar na internet, é isso que acaba levando ao impedimento do acesso ao site em questão.

Enfim, para mudar isso é preciso entrar nas configurações do antivírus usado ou até mesmo usar outro antivírus.

Mas, é importante lembrar que após conferir se a desativação do antivírus funcionou como solução para esse problema, que se ative novamente.

Isso é a garantia de que o computador e a navegação estejam seguros para evitar quaisquer problemas com invasões.

Navegar anonimamente

O modo de navegação anônima é muito usado para diversas funcionalidades.

Além disso, possui diversos nomes diferentes dependendo do navegador usado pelo usuário da Web.

Por exemplo, o nome “navegação anônima” está presente no Google Chrome, mas não no Mozilla Firefox ou no Internet Explorer.

Muitas pessoas usam esse modo de navegação para não deixar rastros no histórico, uma vez que esse não deixa nenhum registro de histórico.

Ao tentar acessar o site por meio do navegador anônimo, um usuário pode ter seu acesso bem sucedido sem que a mensagem apareça.

Mas, se for o caso de funcionar por meio da navegação anônima, é preciso que após fazer isso se faça uma limpeza.

A limpeza já foi explicada anteriormente na seção Fazer uma limpeza aqui deste artigo.

Possivelmente, os cookies ou algo contido no cache podem estar fazendo com que o servidor bloqueie o acesso.

Em linhas gerais, essa também é uma das soluções simples que se pode tomar como medida de contornar a mensagem “sua conexão não é particular”.

Mas, vale lembrar que ela pode não trazer soluções. Se for o caso, mais abaixo há uma última solução antes que se tenha que atualizar o sistema operacional.

Proceder manualmente 

Essa é uma das opções menos recomendáveis, ainda que se tenha consciência do fato de que o acesso não fica criptografado.

Antes de mais nada, essa é a alternativa a qual não deve ser uma opção em conexões públicas para usar aplicativos de banco, ou caso se vá usar dados financeiros ou pessoais.

Isso porque apesar de ser uma solução rápida para o problema, oferece muitos riscos e pode acarretar consequências irreversíveis.

Por exemplo: caso um hacker esteja presente na rede pública que está sendo usada, é possível que ele consiga roubar os dados de que opta por proceder manualmente.

Portanto, é muito importante religar o antivírus após tentar a alternativa de desativação do antivírus antes de tentar essa opção.

Geralmente, nos navegadores fica a disposição dos usuários um link que diz “proceder manualmente” ou “proceder para domínio”.

Mas, essa opção é tão insegura que até mesmo o navegador dispara uma mensagem de advertência para que os usuários tenham consciência dos riscos envolvidos.

Muitas vezes essa opção fica ocultada na opção ”avançado”. Se for o caso, basta clicar na opção e dar sequência ao acesso.

Lembrando: isso pode ser muito arriscado caso se esteja usando o dispositivo numa rede onde outros têm acesso.

Vale lembrar que, assim como fazer a atualização do sistema operacional, essa deve ser uma das últimas opções.

O recomendável é que mesmo que se esteja com pressa para acessar um site não se siga essa opção.

Ajustar calendário e relógio

Algo que nem todos os usuários da internet que tem problemas com a mensagem “sua conexão não é particular” percebem é que o relógio ou calendário do dispositivo pode estar desatualizado.

E isso é algo muito comum, mas que pode acabar fazendo com que o servidor de um site bloqueie a conexão do usuário.

Portanto, o ideal é que se confira se tanto a data quanto a hora estão corretos no celular ou computador.

Apesar de muitos acharem que essas ferramentas têm funções meramente informativas, desempenham uma grande importância para o certificado de segurança dos sites.

Eles servem para a sincronização com o navegador para que esse consiga se conectar devidamente com os servidores.

Por isso, ter algum dos dois desatualizado ou errado pode fazer com que esse tipo de erro se apresente no computador.

Isso acontece, geralmente, quando acaba de se adquirir algum dispositivo, como computador ou celular.

Por isso, é muito importante que, ao adquirir um novo aparelho que dê acesso a internet, se configure sua data e hora.

Mas, caso não funcione de forma alguma, o interessante é que se vá para a seção Atualizar S.O. e busque atualizar a máquina.

O que fazer caso seu site apresente sempre essa mensagem

Possivelmente, esse erro pode aparecer para os donos de site que têm seus certificados SSL expirados.

Mas isso pode acontecer também quando não se tem a renovação do certificado automatizado.

Isso também pode ocorrer quando o pagamento da renovação falha e o servidor fica com certificado expirado.

Ou também pode ocorrer quando se usa um certificado gratuito com expiração com prazo pré determinado.

Quando é esse o caso, é preciso gerar um novo certificado gratuito para que o site continue funcional.

Em linha gerais, existem diversas causas que podem levar um site a apresentar esse tipo de mensagem.

Todavia, o interessante é que seu dono esteja sempre atento e tenha sempre uma equipe de suporte técnico à sua disposição.

Um site que apresenta erros constantes, além de ser menos atrativo, pode atrapalhar a presença digital de uma empresa.

Por isso, o interessante é manter uma revisão constante das configurações e também do acesso de um site.

Dessa forma é possível garantir que a usabilidade do site continue boa e que o mesmo seja atrativo para quem o acessa.

Caso o leitor seja dono de um site e tenha interesse em ter uma equipe técnica aliada, a Visão Confiável conta com profissionais capacitados.

Conclusão

Então, por meio deste artigo foi possível esclarecer alguns pontos sobre o erro “sua conexão não é particular”.

Por meio deste foi possível trazer à tona a explicação para o que leva a esse erro, suas variações e também como resolver.

Vale frisar que aqui foram apresentadas medidas que podem ser tomadas por qualquer um que está passando por esse tipo de problema.

Mas, caso não seja possível resolver o problema com as soluções que foram dadas, o ideal é que se consulte um técnico.

Em suma, o ideal é que as recomendações de segurança que foram dadas na seção Proceder manualmente e Desativar antivírus sejam seguidas.

Vulnerabilizar os dados bancários e pessoas para resolver esse tipo de problema não é uma alternativa válida.

No entanto, é uma possibilidade para aqueles que precisam acessar um site com urgência.

Claro que existem problemas implícitos em tomar esse tipo de atitude os quais estão presentes no texto.

Portanto, cabe somente ao leitor decidir se deseja se expor de forma perigosa ao navegar na internet.

Enfim, vale frisar que a equipe da Visão Confiável conta com especialistas capazes de solucionar esse tipo de problema caso esse texto não tenha tido serventia.

E caso se tenha interesse em saber mais sobre sites ou segurança de dados, o blog da Visão Confiável conta com artigos sobre o assunto.

Deixe seu comentário