Saber quais são as tendências de marketing para o futuro é algo que todo empreendedor que visa o sucesso de seu negócio deve saber.

Aliás, aquele que não presa por um marketing bem estruturado em um empreendimento está sujeito a falhas constantes que podem prejudicar um bom desempenho.

Há também aqueles que buscam aprimorar a comercialização de seus produtos ou ideias de forma indevida. E isso pode ser tão prejudicial quanto ou pior do que não visar a estruturação do marketing.

Enfim, a verdade é que em meio a Era digital ou Era da Informação demanda daqueles que pretendem ter vantagem competitiva uma “atualização” da maneira com que se faz Marketing. E quanto a isso não há dúvidas.

Primeiramente, para fundamentar essa ideia, basta olhar as movimentações dos grandes players do mercado. Por exemplo: grandes empresas com tradição, tais como The Coca-Cola Company ou mesmo Disney acabaram de submetendo ao Marketing Digital como alternativa para manutenção de seu público.

Aliás, a diferença entre essas grandes ditadoras de tendência do mercado fizeram isso décadas atrás. Em momentos em que a internet em sua fase embrionária era considerada como uma bolha.

No entanto, e revogando essa ideia de bolha, a internet veio para ficar. E com ela, as tendências de marketing que consolidaram-se como fortes no mercado acabaram sendo as que melhor se aproveitam de estratégias digitais.

Mas, afinal, como empresas de pequeno e médio porte conseguirão acompanhar essa tendência? Bem, a resposta para a questão seria: Como não acompanhar a tendência tendo tantos recursos disponíveis?

Por isso, para trazer informações sobre as tendências de marketing para o futuro, como adaptarem-se a essa nova realidade e também para trazer algumas dicas, nossa equipe trouxe esse artigo especialmente para sanar dúvidas de nossos clientes e internautas sobre o assunto.

Marketing 4.0

Antes de mais nada, é preciso trazer à tona um dos conceitos mais importantes que deve guiar todo o restante deste artigo: Marketing 4.0.

Primeiramente, aqueles que possuem o hábito de acessar informações sobre Marketing ou estudiosos do assunto já devem entender do que se trata.

Mas não é de duvidar que a grande maioria das pessoas, incluindo empreendedores que ainda não estão no digital, desconheçam o termo.

Bom, o conceito em si vem surgindo de forma orgânica a partir dos recursos de marketing passando por uma transição em conjunto com o resto da humanidade.

Mas para definir com precisão esse termo, trazemos aqui a ideia de Philip Kotler, uma das maiores referências em Marketing da atualidade. Kotler escreveu um livro que inclusive possui como título o termo abordado neste parágrafo em questão.

Em sua obra Marketing 4.0: Do Tradicional ao Digital, em suma, o autor postula que o Marketing 4.0 nada mais é do que a união do Marketing Digital com o Tradicional.

Bem, aqueles que não são eremitas, monges isolados em montanhas ou pessoas sem acesso a internet e televisão podem notar que cada vez mais ambos meios de comunicação estão cada vez mais integrados.

E isso não é por acaso. Uma vez que a crescente força do digital foi se inserindo nos hábitos sociais dos consumidores, a mídia tradicional viu um necessidade proporcional em se adaptar à realidade.

Caso contrário, desapareceria. Enfim, hoje pode-se notar o produto disso: A linguagem das emissoras de televisão, rádios, jornais e mesmo meios de marketing tradicionais estão cada vez mais dentro da internet.

E o empreendedor que souber se aproveitar disso está muito a frente de seus concorrentes.

Tendências de marketing para o futuro

Bem, agora que um conceito importantíssimo para o entendimento das próximas linhas já foi inserido no texto, é possível começar a falar sobre o motivo que trouxe grande parte dos leitores para nosso Blog.

As tendência de marketing para o futuro estão completamente alinhadas à ideia de Marketing 4.0. Assim como posteriormente devem ser superadas pelo conceito de Marketing 5.0.

Mas isso é um assunto para outro artigo. Todavia, introduzindo brevemente: Marketing 5.0 é a consolidação do digital como maneira una e dominante de vender produtos, ideias e serviços.

Enfim, o empreendedor que conseguiu entender o conceito de Marketing 4.0 com facilidade está sujeito a entender as tendências para o futuro.

Entretanto, se for o caso de seguir com a mentalidade retrograda de que “internet é terra de ninguém” e que estar no digital não tem serventia, é bem possível que fique para trás.

Retomando a pergunta feita em nossa introdução: Como não acompanhar a tendência tendo tantos recursos disponíveis?

Vejam, quando falamos de recursos, não estamos trazendo aqui coisas inacessíveis, não. Nós da Visão Confiável prezamos pela democratização do conhecimento e pela fomentação do digital. Por isso queremos dizer que a internet é um âmbito de informações gratuitas e acessíveis.

Aliás, só o fato de poder ler isso em nosso site sem ter que pagar nada por isso é um sinal claro dessa afirmação. Inclusive, você pode conferir textos sobre os mais variados assuntos em nosso Blog para aprimorar sua empresa.

Seja em Marketing Digital, informações sobre redes sociais, bancos de dados ou mesmo empreendedorismo: contamos com um acervo riquíssimo em conteúdo.

Enfim, sem mais delongas, confira abaixo algumas das tendências de marketing para empresas de pequeno e médio porte.

Vídeos

Primeiramente, é importante ressaltar que vídeos são, sem sombra de dúvidas, o formato de mídias mais consumidos de toda a internet.

Levando em consideração plataformas como YouTube, Tik Tok e Instagram ( que vem mudando severamente sua logística de fotos para vídeos para competir com Tik Tok), é possível afirmar que mídia de vídeo é muito consumida.

Aproximadamente 1 bilhão de horas são assistidas por dia no YouTube. Além disso, Instagram e Tik Tok juntos somam um fluxo diário de em média de 900 milhões de pessoas por dia.

Agora, aquele empreendedor que não ver nisso uma grande oportunidade de promover seu empreendimento está perdendo tempo.

Aliás, segundo Aberdeen Group, empreendimentos que fazem investimento em marketing de vídeo conseguem ter um aproveitamento expressivo de 66% a mais de conversão de leads em um ano do que empresas que não o fazem.

Outro dado crucial sobre o Marketing de Vídeo é que mais de 76% dos pequenos negócios que usam vídeos como parte de suas estratégias conseguem gerar grande impacto positivo em seus empreendimentos. Esse, aliás, é da Social Video Forecast (Animoto).

E sobre os detalhes quanto aos benefícios do uso de vídeos: são diversos. Mas principalmente pelo fato de serem conteúdos fáceis de consumir.

Enquanto partindo da premissa de que a tendência por vídeos curtos entre 15 segundos e 1 minuto tornam-se cada vez mais predominantes, é possível dizer que esses também estão cada vez mais fáceis de produzir.

Fora isso, existe um aspecto que democratizou muito a criação de vídeos por empreendedores de pequeno ou médio porte: os smartphones contam com a tecnologia adequada para fazer qualquer mídia de vídeo.

Por isso, aproveitar dos recursos de gravação e edição de vídeos; ou até mesmo contar com uma equipe qualificada; é algo que tornou-se muito mais viável hoje em dia.

Integração entre comércio e redes sociais

Desde que o Facebook comprou o Instagram e o WhatsApp, seu conceito de social media commerce começou a se disseminar pelas redes.

Ao passo que tanto Instagram quanto WhatsApp possuem agora possibilidades de catálogo e formas de pagamentos em suas plataformas.

No caso, o Instagram possui o recurso Instagram Shopping, onde e-commerces podem anunciar seus produtos e resolver toda a negociação por ali mesmo.

Enquanto o WhatsApp Business possui toda uma formatação voltada para empreendimentos. Esse conta com recursos de pagamento, lista de transmissão para clientes, mensagens automatizadas e vários outros que podem contribuir para empreendimentos de pequeno e médio porte.

A partir dessas resoluções para comércios entregues pelo Facebook para suas redes sociais, foi possível notar uma crescente busca por implementação desses recursos em negócios de diferentes portes.

Afinal, diversos aspectos dos últimos tempos influenciaram o mercado digital a tornar-se predominante. Entre eles, a pandemia de Covid-19 que vetorizou a digitalização das coisas.

O novo normal, como se concebe a realidade pós pandêmica tem como um de seus principais fatores a integração do real com o digital.

E saber aproveitar isso como empreendedor é estar de acordo com as necessidades do consumidor moderno. Assim como as demais tendências, é impossível não integrar comércio com redes sociais.

Aliás, ao falar sobre o assunto, é impossível não tocar no ponto “posicionamento digital”. Apesar de ser um conceito bem amplo, algo que pode resumir bem a expressão é “estar presente na internet”.

É claro que não basta apenas estar presente. É preciso estar posicionado. E posicionar-se significa mostrar uma conduta, apresentar um nicho, explorar o próprio público e trazer aspectos que só o próprio empreendimento tem.

Claro, além disso é preciso seguir as normativas da internet. Afinal, nenhum empreendimento quer cair no infortúnio de ser uma marca cancelada das redes.

Google Meu Negócio

E sobre o assunto “posicionamento digital”, é importante falar sobre o Google Meu Negócio. Essa é uma das plataformas mais importantes para um negócio bem posicionado na internet.

Antes de mais nada, é preciso dizer que esse recurso do Google é um dos mais importantes para o SEO de um negócio.

Principalmente no que tange SEO local, um divisor de águas para empresas de pequenos porte. A partir dele é possível ter um perfil próprio da empresa no Google.

Com isso, é possível estar presente na página principal do Google, ranquear com facilidade em pesquisas locais e estar geograficamente localizável a partir do Maps.

Aliás, vale ressaltar que estrategicamente, esse é um dos recursos mais importantes para empresas de pequeno porte. Ou mesmo para empresas de porte médio.

Afinal, quantas vezes você já se encontrou em uma situação onde teve a necessidade de algum produto ou serviço nas imediações de onde mora e então pesquisou no Google?

Por exemplo: um lava-jato que possui uma página no Google Meu Negócio pode ser facilmente encontrado sempre que alguém nas imediações do estabelecimento pesquisar “lava-jato”.

E essa é a “magia” por trás do Google Meu Negócio: ele oportuniza o crescimento de uma empresa.

Por isso, fizemos questão de implementar essa como uma das tendências de marketing digital para o futuro.

E caso restem dúvidas sobre o assunto, pesquise no Google termos que levem ao seu negócio ou o negócio de um conhecido.

Caso não possua um perfil do Google Meu Negócio e o empreendimento esteja numa fase ruim, basta conferir quais são os primeiros resultados da busca.

Com certeza as empresas do ramo de maior destaque de sua região possuem um perfil no Google Meu Negócio. Dessa forma, conclua por conta própria o diferencial que dá destaque entre uma e outra.

Engajamento com interação

Essa seção é especial para aqueles que desacreditam do poder das caixas de pergunta do Instagram e recursos semelhantes para conseguir ter melhores resultados em um empreendimento.

Antes de mais nada, é preciso pontuar que esses recursos são, sobretudo, uma ótima forma de conhecer o próprio público.

Ao fornecer ferramentas como caixas de pergunta, questionários e quiz, o Instagram entregou uma grande carta na manga de negócios posicionados em sua rede.

Afinal, a partir deles é possível questionar o público sobre produtos, sugestões, desejos, interesses como cliente e diversos outros aspectos.

Anteriormente, no marketing tradicional, grandes quantias de dinheiro eram gastas para fazer pesquisas de público.

Agora, com esse recurso do marketing digital, que está presente em diversas outras redes para além do Instagram, é possível conhecer o cliente como a palma da própria mão.

Portanto, uma das tendências de maior relevância para o marketing para empresas de pequeno e médio porte é o uso de recursos para engajamento.

No YouTube, por exemplo, é possível comunicar-se com a comunidade a partir de questionários. Empresas como Empiricus e Mercurius Crypto possuem comunidades imensas que interagem com seus conteúdos e questionários no YouTube.

Apesar de serem empresas que estão no auge de suas grandezas dentro de seus nichos, essas também começaram de algum “ponto zero”.

E vale ressaltar que foram empresas que cresceram principalmente com a capacidade de envolver seu público com engajamento, storytelling, copywrinting e, claro, estratégia digital de ponta.

Por isso, aproveitar dos recursos de engajamento que as redes possibilitam é uma forma de estar à frente da concorrência que não faz isso.

Busca por um Nicho

Já que no parágrafo anterior estiveram Empiricus e Mercurius Crypto, nada mais justo do que falar um pouco sobre elas para falar sobre a tendência desta seção.

Ambas são empresas que conseguem atingir seu público alvo a nível nacional. Mas a estratégia que fez com que crescimento fosse tão rápido e consistente foi o estabelecimento de um nicho desde o princípio.

Antes de mais nada é preciso ressaltar o ramo em que ambas atuam: mercado financeiro. E por mais que dentro do Brasil hoje essas sejam uma das maiores plataformas sobre o mercado financeiro, trading e assuntos afins, um dia tiveram que “bater de frente” com grandes players que já estavam no mercado.

No caso, a Mercurius é uma empresa voltada para o ensino relativo ao mercado de criptoativos, contendo também pautas sobre economia e investimentos. Antes de se consolidar como a empresa que é hoje, vários desafios fizeram com que a empresa precisasse ter um nicho bem estabelecido para conseguir manter-se viva e bem sucedida.

Enfim, o desafio foi grande, uma vez que a predominante massa de investidores e população em geral desacreditavam e ainda desacreditam muito do mercado de ativos criptográficos.

Mas foi justamente por permanecer fiel a seu próprio nicho, assim como continuar pautando assuntos sobre o ramo que Mercurius tornou-se o que é hoje.

Portanto, ter um nicho bem estabelecido não é apenas uma forma de conseguir identificação e converter leads. Mas é também uma forma de conseguir resultados consistentes no longo-prazo. E uma empresa funcional, independente de seu porte, é aquela que consegue continuar existindo ao longo do tempo.

Afinal, é isso que traz consumidores fiéis e traz experiência juntamente a propriedade sobre um assunto enquanto um negócio estiver sendo fomentado.

Influencers

Eis aqui um ponto crucial para qualquer empreendimento que deseja ter boas relações com o público na nova maneira de fazer marketing: Influencers.

Ou melhor, trazendo isso para o português: influenciadores. E para entender a relevância disso é preciso fazer um paralelo com o passado do marketing.

Uma das propagandas de maior sucesso da The Coca-Cola Company, sem sombra de dúvidas, foi a marcante campanha que ilustrava a famosa Mary Poppins cantando.

E são diversos os aspectos que fizeram com que essa se tornasse uma das propagandas mais marcantes da história da empresa. Primeiramente, Mary Poppins é uma personagem que está presente no imaginário de várias pessoas do mundo inteiro.

Em segundo ponto, o carisma que a personagem possui destoa da grande maioria das pessoas comuns.

E em terceiro lugar, o fato de que a produção do comercial/ produção cinematográfica apresentada como especial de Natal em 2021 mostra com sutileza a marca da Coca Cola.

Enfim, para um bom entendedor meia palavra basta. Afinal, por que um pequeno negócio não pode encontrar sua própria Mary Poppins no Instagram para fazer propaganda dos produtos ou serviços?

Bem, não só pode como também deve. E é sobre isso que consiste a tendência de procurar por influenciadores capazes de divulgar sua marca nas redes sociais.

Além de ter um grande número de seguidores, costumam ser carismáticos e assumir o papel de promotores de produto.

É claro que Poppins é uma personagem da ficção. Mas é aí que entra outro aspecto positivo da contratação de influenciadores: são pessoas reais.

E se tem algo que os consumidores da internet querem é comprar produtos e serviços de pessoas reais. Afinal, são mais confiáveis e íntegros, em suas concepções. Principalmente porque registram suas vidas diariamente em plataformas como Instagram, YouTube e Tik Tok.

Automação

Por fim, essa é uma das tendências do Marketing que servem para aqueles que já estão inseridos no digital. A automação nada mais é do que o aproveitamento de recursos, programas e apps para a realização de tarefas de marketing.

Isso serve para fazer planejamento de publicações, postagens, configurações de campanhas, automação de email marketing e diversos outros processos de marketing que podem poupar tempo por recursos automáticos.

Com isso, o tempo fica ocioso para a resolução de outras questões de um negócio. Ainda que essas resoluções não sejam necessariamente algo ligado à Marketing.

Apesar da breve abordagem sobre o assunto aqui, esse talvez seja um dos pontos mais importantes de prezar a adotar novas condutas de um negócio em Marketing Digital.

Dicas de Marketing para Pequenas Empresas

Apesar das facilidades que vem sendo concedidas com o passar do tempo para pequenas empresas atuar no mercado em perfeita funcionalidade, há de se convir que a realidade continua sendo complicada para as pequenas empresas.

Diversas taxas, burocracias, desmantelamentos, atrasos de pagamento de clientes, preocupações…enfim, são muitas as coisas que permeiam a mente de um pequeno empreendedor.

E não é nada fácil ter que lidar com tudo isso e ainda por cima estar a frente do Marketing. Principalmente quando não há a menor noção do que deve ser feito para ter bons resultados.

Mas a primeira dica para ajudar com todos os problemas apresentados é: use o Marketing a seu favor.

Assim como dito anteriormente, a internet é um âmbito que democratizou muito o conhecimento sobre Marketing. A partir dela é possível pesquisar técnicas que se aplicam perfeitamente a qualquer formatação, nicho ou propósito de negócio. Por isso, usar a internet para adquirir conhecimentos sobre Marketing é uma ótima dica.

E se você precisar aprender mais sobre Marketing Digital, aqui em nosso site você encontra ótimos textos sobre o assunto.

Enfim, a segunda dica que podemos dar para pequenos negócios é: buscar por agências de Marketing Digital que prestam consultoria a preços acessíveis.

Apesar dos desafios financeiros que uma pequena empresa pode enfrentar, contar com quem entende do assunto pode ser muito positivo para evitar esforços em vão.

Aliás, se você estiver confortável com essa ideia, conte com a Visão Confiável para lhe ajudar com o que for preciso no digital. Temos um time de especialistas prontos para otimizar a presença de sua empresa na internet.

Dicas de Marketing para Empresas de Porte Médio

Primeiramente, é preciso ressaltar que as dicas de marketing para uma empresa de porte médio servem para empresas de pequenos porte. E vice versa.

A grande questão é que tudo se resume a contextualização e aplicabilidade dos recursos apresentados nas dicas para trazer os melhores resultados.

Por exemplo: acima mencionamos a contratação de uma consultoria de marketing digital por empresas de pequeno porte.

Isso não só pode ser feito por empresas de médio porte, como deve. Afinal, uma empresa maior pode fazer o investimento para uma consultoria com mais tranquilidade que uma empresa de pequeno porte.

Claro, as finalidades para as quais uma empresa de porte médio deve contratar uma consultoria podem ser diferentes. No entanto, isso não diminui ou aumenta a necessidade de uma para outra.

Agora, uma dica que serve principalmente para negócios médios é: caso não tenha nenhum posicionamento na internet, é preciso buscar fazer isso o quanto antes.

Quando se trata de escalar um negócio, torná-lo mais lucrativo e atingir mais clientes dentro do que é possível comportar, é de suma importância para qualquer empresa estar adequada ao Marketing 4.0.

No entanto, visto que os desafios de uma empresa de pequeno porte são diferentes dos desafios de uma empresa de médio porte, é notável que a necessidade de expansão de empresas dessa configuração se sobrepõe a necessidade de consolidação de pequenos negócios.

Por isso, quando se trata de expandir, nada melhor do que ter um movimento crescente em “outra realidade”. E querendo ou não, estar presente no digital é estar dentro de uma realidade além do que se vê pelas ruas.

Então, ter seu negócio implementado na internet é como ter um estabelecimento dentro da rede onde diversas pessoas podem visitar, ver a vitrine, serem atendidos e efetuar compras.

Bons motivos para investir em Marketing Digital

Nosso artigo apresentou diversos pontos dispersos que podem significar alguns bons motivos para investir em marketing digital.

No entanto, aqui nós listaremos alguns dos principais que podem convencer de uma vez por todas os leitores sobre a importância de fazer investimentos, ainda que mínimos, dentro da área.

Por isso, coletamos dados das mais diversas referências em marketing e análises de dados de mercado e da internet para fundamentar nossa tese. Afinal, investir em marketing digital é um dos mais importantes passos para qualquer empresa que atua nos dias de hoje.

Mas antes de trazer esses dados, queremos ressaltar que o mercado digital é predominante e crescente. Ao passo que nos últimos anos, segundo um levantamento realizado pela Neotrust, o Brasil registrou um faturamento de mais de 161 bilhões de reais no comércio digital.

A partir disso inferiu-se um crescimento de mais de 25% do valor de faturamento de 2020. Enfim, o que pode ser notado a medida que a internet cada vez mais torna-se algo rotineiro para os brasileiros é que essa torna-se também uma das formas mais procuradas para realizar consumo.

Aliás, uma outra pesquisa, dessa vez realizada pela NZN Intelligence, notificou que 74% dos brasileiros preferem realizar compras pela internet.

Bem, se esses ainda não foram bons argumentos para motivar uma empresa a fazer investimentos em marketing digital, confira abaixo alguns dos pontos mais fortes que podem firmar a ideia de que o Marketing 4.0 é algo sem volta.

Período pós-pandemia

Com tantas regulações para a prevenção da disseminação do vírus que assolou a humanidade por mais de 2 anos, Covid-19, um dos setores mais prejudicados foi o de serviços e comércio.

No entanto, aqueles que estavam posicionados no digital não foram tão prejudicados quanto aqueles que não estavam.

Com isso, uma corrida para a digitalização dos negócios se iniciou. Enquanto isso, o Marketing Digital teve um boom e tudo que se ouvia falar na internet, na verdade, era sobre como o Marketing Digital revolucionaria a forma de empreender para sempre.

Dito e feito, eis aqui os dados que provam como o período pós-pandemia é a mostra real de que vale a pena investir em marketing digital.

Primeiramente, uma das empresas de referência nacional dentro do ramo de marketing, a iNexxus relatou que houve uma grande mudança no comportamento das empresas. Principalmente daquelas de pequeno porte. Um de seus sócios fundadores, R. Baptista, afirmou que foi a partir do digital que empresas de pequeno e médio porte viram a oportunidade de sobreviverem e até mesmo de crescerem durante a pandemia.

Com isso, foi possível ver um número estarrecedor de empresas de pequeno e médio porte migrando para o digital durante a pandemia: 208%.

Aliás, esse dado é de uma pesquisa de 2021 pela Mastercard Economics Institute. Enfim, dispensa comentários o quanto o digital serviu de força para a sobrevivência de empreendedores de pequeno e médio porte.

Enquanto as empresas que não souberam se adaptar a essa realidade, ou o fizeram de forma tardia, perderam vantagem competitiva ou simplesmente desapareceram.

Transformação digital é inevitável

Um dos heads de maior referência dentro do setor de bancos, o responsável pelo comando do setor de inovação do Banco Original, Raul Moreira, declarou que “Transformação Digital é inevitável”.

E não é preciso ser nenhum especialista na área para deduzir que o digital veio para ficar. Aliás, isso é inegável.

Como exemplo para isso, trouxemos aqui um “banqueiro” para mostrar que até mesmo os meios mais tradicionais estão tendo que se adaptar para se enquadrar na realidade onde quem dita as regras é o digital.

Com uma atuação de mais de 3 décadas no mercado financeiro, Raul deixou sua frente em um dos bancos mais tradicionais, o Banco do Brasil, em 2017. E ele o fez por um simples motivo: encarar o desafio de guiar um dos maiores bancos digitais do Brasil, o Banco Original, na área de inovação.

Em alguns de seus discursos sobre a digitalização das coisas, Raul menciona a inevitabilidade da digitalização dos bancos.

Não só isso, como também firmou a ideia com veemência de que caso os bancos tradicionais não se alinhassem às tendências do digital, possivelmente perderiam vantagem competitiva.

Bom, hoje em dia é possível notar que a grande maioria dos bancos tradicionais no Brasil possuem seus próprios aplicativos, bancos digitais e até mesmo páginas no Instagram.

Então, se até mesmo instituições ultraconservadoras como os bancos seguiram a tendência de se alinhar ao digital, por que é que empresas de pequeno e médio porte não devem fazer isso?

Enfim, outro aspecto trazido por Raul em entrevista ao jornal Correio Braziliense foi que o que estamos presenciando atualmente é apenas a “ponta do Ice Berg” para o processo de digitalização dos bancos.

E nós da Visão Confiável acreditamos que o mesmo se aplica a transição para o Marketing 4.0.

Vantagem competitiva

Primeiramente, antes de falar sobre como o Marketing Digital pode trazer vantagem competitiva, é preciso, antes de mais nada, postular o que é vantagem competitiva.

Essa tal vantagem nada mais é do que aquilo que faz um cliente enxergar numa empresa os recursos capazes de suprir suas demandas como consumidor.

Por fim, o que vai faz com que a decisão por uma empresa ou por sua concorrente seja ponderada a partir dos pontos fracos e fortes de ambas.

E visto que a força do consumo no âmbito digital é predominante, uma empresa se encontrar com uma boa posição no Marketing Digital pode trazer resultados incríveis.

Por exemplo: se alguém que procura comprar algum produto quer fazer isso de forma rápida e fácil, será mesmo que ele irá até ao centro comercial de sua cidade ou irá pesquisar no Google?

Em sequência, quando encontrar a empresa que deseja realizar a compra de seu produto, será que ele irá acessar a página de uma empresa na Web ou irá fazer uma ligação?

Além disso, quando encontrar uma página na Web, será que irá escolher aquela que tiver uma melhor apresentação ou uma que apenas mostra os produtos de qualquer forma? Não só isso, mas será que ele não irá optar por aquela que responder mais rápido pelo chat?

Sabemos que tantos questionamentos podem acabar sendo reflexivos demais. Mas não é preciso ter um doutorado em vendas para saber que agilidade ao encontrar um produto, sua apresentação e rápido atendimento contribuem para a conversão de um lead.

E é por isso que investir em marketing digital é tão importante. Afinal, quanto melhor for a estrutura de marketing de uma empresa nas redes, mais real torna-se a possibilidade dessa negócio conquistar clientes e ter sucesso.

Qual o primeiro passo para o posicionamento digital?

Enfim, agora que introduzimos aspectos tão importantes sobre o Marketing Digital é preciso falar sobre qual é o primeiro passo para uma empresa de pequeno ou médio porte se posicionar no digital.

Idealizar como a empresa irá se posicionar é crucial: linguagem, comunicação, design, propósitos, etc. Todos esses são aspectos chave para o posicionamento digital.

A linguagem nada mais é do que a maneira com que o público irá receber as ideias que serão transmitidas. É importante prezar pelo alinhamento com o nicho, idade do público alvo e filosofia da empresa. Afinal, forjar qualquer um desses aspectos sem levar em consideração a realidade é a fórmula para fracassar.

Em segundo plano, a comunicação. Essa se liga completamente com a linguagem. Mas também tem a ver com o formato de mídia que será usada: mídia fria ou quente; comunicação para conquistar leads ou converter leads; etc.

Além desses aspectos, prezar por uma identidade visual, ou seja, o design certo, é algo muito importante. Por isso, contar com um especialista na área pode ser de grande valia no momento de idealizar e executar planos de design para o marketing digital de sua empresa.

Por fim, trazendo de forma breve quais são os primeiros passos para o posicionamento digital, o propósito de estar fazendo isso.

Ao passo que muitas empresas se posicionam no digital só porque a concorrência também está presente, outras empresas assumem a posição de visionar um motivo para estar ali.

Então, ter um propósito bem estabelecido contribui para trazer os artifícios certos para conseguir ter sucesso com o próprio posicionamento.

Enfim, esses são aspectos que consideramos pertinentes para dar os primeiros passos no posicionamento digital de uma empresa.

Conclusão

Bem, a partir desse artigo foi possível introduzir várias noções que nós da Visão Confiável consideramos importantes sobre o Marketing para empresas de pequeno e médio porte.

Mas, assim como ressaltamos, grande parte das dicas que se aplicam para um formato de empresa, aplicam-se também para outra.

Contudo, é importante ressaltar que o termo marketing digital é algo que ficou defasado a medida que foi crescendo.

Hoje em dia é possível ver que muitas agências que se dizem especialistas em marketing digital nada mais fazem do que um trabalho de social media.

Por isso, é de suma importância avaliar o portfólio de uma empresa antes de contratar seus serviços.

Além de evitar possíveis frustrações, isso contribui para evitar desperdícios de dinheiro. Assim como possibilita mais assertividade e resultados no digital.

Nossa função como agência de marketing é proporcionar a melhor experiência possível para nossos clientes.

Por isso contamos com uma equipe diversificada que possui uma extensa gama de abrangências de áreas para proporcionar a melhor experiência em consultoria de marketing.

Caso você queira conhecer nosso trabalho, basta enviar uma mensagem no WhatsApp ou então conferir nossa seção de serviços na página inicial.

Mas caso tenha a intenção de tomar conta do marketing digital de sua empresa por conta própria, desejamos a você boa sorte e que tenha sucesso.

A Visão Confiável é uma empresa que, assim como todas, partiu de um ponto inicial onde todo apoio foi bem vindo. E é por isso que oferecemos a vocês tantos recursos para contribuir com o crescimento de seu negócio.

Então, sinta-se livre para fazer um orçamento conosco ou simplesmente conferir os conteúdos de nosso acervo.

Deixe seu comentário